Topo
Notícias

VW anuncia investimento de R$ 3 bilhões para fabricar picape inédita no PR

Nova picape da VW terá visual derivado do conceito Tarok (foto), apresentado em 2018, mas terá porte menor, posicionada logo acima da Saveiro - Murilo Góes/UOL
Nova picape da VW terá visual derivado do conceito Tarok (foto), apresentado em 2018, mas terá porte menor, posicionada logo acima da Saveiro Imagem: Murilo Góes/UOL
do UOL

Julio Cabral

Colaboração para o UOL, em São José dos Pinhais (PR)*

17/06/2024 14h30Atualizada em 17/06/2024 19h44

A Volkswagen anunciou nesta segunda-feira (17) que vai passar a produzir o sedã compacto Virtus e uma picape inédita na fábrica de São José dos Pinhais (PR) em 2025, que vai receber investimento de R$ 3 bilhões.

O aporte na unidade paranaense faz parte do anúncio de R$ 16 bilhões até 2028 no Brasil feito pela Volks em fevereiro e que inclui 16 lançamentos até a data final. Dentre eles estão modelos 100% elétricos e híbridos flex de variados tipos.

Voltando ao Paraná, o montante de R$ 3 bilhões será aplicado em várias áreas, incluindo a expansão da capacidade produtiva. No entanto, o foco principal será na produção de uma picape de porte médio-compacto, adiantada pelo conceito Tarok - apresentado pela VW no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018.

O início da fabricação do Virtus no Paraná será em 2025 - o sedã também continuará sendo produduzido São Bernardo do Campo (SP).

Fábrica do Paraná também produz Audi

Fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais, no Paraná, acaba de completar 25 anos - Divulgação - Divulgação
Fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais, no Paraná, acaba de completar 25 anos
Imagem: Divulgação

Atualmente, a unidade de São José dos Pinhais, que acaba de completar 25 anos, produz o SUV T-Cross e faz a montagem dos Audi Q3 e Q3 Sportback -marca que pertence ao grupo Volkswagen.

O compartilhamento da produção entre os dois fabricantes remonta a 1999, data de inauguração da planta. No início, os dois primeiros carros foram o Golf de quarta geração e o primeiro A3.

Por lá também foram feitos o Fox, Golf de quarta geração, A3 Sedan e o Q3 anterior.

Ao longo dos 25 anos, foram produzidos mais de 3 milhões de automóveis na fábrica. E não apenas para o Brasil. A localização paranaense reforça a estratégia de exportação do fabricante, uma vez que é localizada perto do porto de Paranaguá, de onde o T-Cross é exportado para 17 países.

O próprio Virtus já é exportado para 13 mercados da América Latina: Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Equador, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru, St Maarten e Uruguai. Esse movimento será ampliado com a produção em São José dos Pinhais.

A fábrica tem 1,3 milhão de metros quadrados de área construída. A unidade usa Inteligência Artificial no controle de todas as etapas de produção, processo que vai desde a estamparia, passa pela pintura e termina na montagem final do veículo.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

*Viagem a convite da Volkswagen

Notícias