Topo
Notícias

Nova tragédia de migrantes deixa 50 desaparecidos na Itália

17/06/2024 08h45

ROCCELLA IONICA, 17 JUN (ANSA) - Cerca de 50 pessoas estão desaparecidas após um barco de migrantes ter virado a cerca de 100 milhas náuticas (185 km) da costa da Calábria, no sul da Itália.   

Um navio mercantil estava nos arredores e conseguiu resgatar 12 indivíduos, que foram transferidos para uma unidade da Guarda Costeira italiana.   

O barco oficial levou os sobreviventes - incluindo uma grávida - para Roccella Ionica, na Calábria, bem como o corpo de uma mulher que morreu afogada na tragédia.   

Segundo relatos dos náufragos, a embarcação de migrantes havia zarpado de um porto na Turquia, que não é o ponto de partida mais comum das "viagens da morte" no Mediterrâneo.   

Desde o início do ano, a Itália já recebeu 23,7 mil deslocados internacionais por via marítima, sendo que quase todos eles partiram do litoral da Líbia ou da Tunísia, de acordo com o Ministério do Interior.   

As principais nações de origem dos migrantes em 2024 são Bangladesh (4,8 mil), Síria (3,4 mil), Tunísia (3,1 mil), Guiné, (1,9 mil) e Egito (1,5 mil). (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Notícias