Topo
Notícias

Alemanha goleia Escócia (5-1) no jogo de abertura da Eurocopa

14/06/2024 17h57

Jogando em casa, a Alemanha goleou a Escócia por 5 a 1 nesta sexta-feira (14), em Munique, no jogo de abertura da Eurocopa 2024.

Ao longo do dia, os torcedores foram tomando as ruas da cidade bávara e, três horas antes do pontapé inicial, a festa foi se deslocando pouco a pouco até as arquibancadas da Allianz Arena, casa do Bayern de Munique.

Antes do início da partida, houve uma cerimônia de abertura com homenagem à lenda alemã Franz Beckenbauer, falecido em janeiro.

Sua esposa, Heidi Beckenbauer, apresentou o troféu Henri Delauney, acompanhada por outros ídolos do futebol alemão: Bernard Dietz, capitão da 'Mannschaft' na Eurocopa de 1980, e Jürgen Klinsmann, que usou a braçadeira no título europeu de 1996.

No setor de visitantes do estádio, o 'Exército do Tartã', nome da torcida da Escócia, se fez presente e cantou mais alto do que os alemães durante a execução dos hinos nacionais. Mas apesar da vitória nas arquibancadas, a seleção escocesa foi dominada na partida do início ao fim, com a Alemanha bombardeando o gol defendido por Angus Gunn.

- Artilheiros de todas as idades -

Florian Wirtz, uma das sensações da temporada na Bundesliga, demorou apenas dez minutos para balançar a rede pela primeira vez nesta edição da Euro, tornando-se o jogador alemão mais jovem a marcar no torneio continental, aos 21 anos.

O atacante do Bayer Leverkusen bateu de primeira depois de receber passe de Joshua Kimmich para colocar a 'Mannschaft' na frente, calando os eufóricos torcedores escoceses.

Outro jogador de 21 anos, Jamal Musiala, eleito o melhor da partida, ampliou o marcador nove minutos depois, com assistência de Kai Havertz, que fez o terceiro em cobrança de pênalti (45'+1), assinalado após Ilkay Gundogan receber entrada dura de Ryan Porteous, que foi punido com o cartão vermelho (44').

"Não poderíamos ter começado melhor. Vimos o ambiente em todo o país e precisávamos disso", declarou Musiala após a partida.

O experiente Niclas Füllkrug, de 31 anos, também deixou o dele, após uma grande jogada coletiva na área da Escócia (68').

Outro dos veteranos, o meia Toni Kroos, que liderou o meio-campo alemão, foi ovacionado por todo o estádio ao ser substituído no segundo tempo (80') por Emre Can, autor do quinto gol (90'+3).

- Redenção de Nagelsmann em Munique -

À beira do campo, o técnico Julian Nagelsmann, que convenceu Kroos a voltar da aposentadoria da seleção, teve sua redenção um ano e dois meses depois de sua surpreendente demissão do Bayern de Munique, conseguindo sua primeira vitória em um jogo oficial à frente da seleção alemã na casa do time bávaro.

Mas apesar da goleada, o caminho até as oitavas de final tem mais dois jogos teoricamente mais complicados: contra Hungria, em Stuttgart (19 de junho), e Suíça, em Frankfurt (23 de junho).

Mais difícil é a situação da Escócia, que nunca passou da fase de grupos tanto da Euro quanto da Copa do Mundo. Uma maldição que não parece assustar sua torcida, que voltou a fazer festa na reta final da partida, quando a equipe diminuiu com um gol contra do zagueiro Antonio Rüdiger (87').

"Foi muito decepcionante, mas quando se enfrenta o país anfitrião e é o primeiro jogo... as coisas não podem se mais complicadas do que isso", lamentou o capitão do time escocês, Andrew Robertson.

-- Ficha técnica:

- Grupo A da Eurocopa 2024 - Primeira rodada

Alemanha - Escócia 5 - 1

Estádio: Allianz Arena (Munique)

Árbitro: Clément Turpin (FRA)

Gols:

Alemanha: Wirtz (10'), Musiala (19'), Havertz (45'+1 de pênalti), Fullkrug (68'), Can (90'+3)

Escócia: Rüdiger (87' contra)

Cartões amarelos:

Alemanha: Andrich (31'), Tah (62')

Escócia: Ralston (48')

Cartões vermelhos:

Escócia: Porteous (45')

Escalações:

Alemanha: Manuel Neuer - Joshua Kimmich, Jonathan Tah, Antonio Rüdiger, Maxmilian Mittelstädt - Jamal Musiala (Thomas Müller 74'), Toni Kroos (Emre Can 80'), Ilkay Gündogan (cap), Robert Andrich (Pascal Groß 46'), Florian Wirtz (Leroy Sané 63') - Kai Havertz (Niclas Fullkrug 63'). Técnico: Julian Nagelsmann.

Escócia: Angus Gunn - Ryan Porteous, Jack Hendry - Anthony Ralston, Kieran Tierney (Scott McKenna 77'), Scott McTominay, Andrew Robertson (cap) - John McGinn (Kenny McLean 67'), Callum McGregor (Billy Gilmour 67'), Che Adams (Grant Hanley 46'), Ryan Christie (Lawrence Shankland 82'). Técnico: Steve Clarke.

bur/iga/pm/cb/am

© Agence France-Presse

Notícias