Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Influencer brasileira é multada após revelar em vídeo visita à praia proibida na Itália

Influenciadora brasileira produziu diversos conteúdos no local e divulgou em suas redes sociais imagens dos locais protegidos por rigorosas normas de segurança - Reprodução/X/@Agenzia_Ansa
Influenciadora brasileira produziu diversos conteúdos no local e divulgou em suas redes sociais imagens dos locais protegidos por rigorosas normas de segurança Imagem: Reprodução/X/@Agenzia_Ansa

Da Ansa

13/06/2024 09h22Atualizada em 13/06/2024 17h22

Uma influenciadora brasileira de férias na ilha da Sardenha, no sul da Itália, foi multada após violar as águas do parque nacional do arquipélago La Maddalena e a praia Rosa, na ilha de Budelli, protegidas por rigorosas normas de segurança, informaram as autoridades locais nesta quinta-feira (13).

Com um pequeno barco e independentemente das proibições contra navegação neste trecho de mar e de pisar na ilha paradisíaca, protegida há 25 anos, a cidadã produziu diversos conteúdos no local e divulgou em suas redes sociais (veja abaixo). Ela foi identificada como "Rogéria", pelo jornal italiano La Repubblica.

Os vídeos e fotos, acompanhados por uma trilha sonora e descrições de sua caminhada na areia, acabaram sendo o estopim de indignação em toda a web, desde ambientalistas e sardos, que criticaram duramente a influenciadora.

A Guarda Costeira de La Maddalena recebeu diversas denúncias e abriu uma investigação para identificar a brasileira, que foi localizada em Dubai, onde reside e para onde já havia regressado. Logo após, os agentes aplicaram contra ela uma multa administrativa de 300 euros (cerca de R$ 1.730) pela violação das regras de proibição de aproximação e desembarque na praia Rosa di Budelli.

A Guarda Costeira apurou ainda que o catamarã em que a influenciadora navegava nas águas do parque não tinha autorização de entrada, assim como não foi emitida qualquer aprovação ao operador comercial que alugou o barco. Por causa disso, uma segunda multa de 1,5 mil euros (aproximadamente R$ 8.654) foi aplicada.

Notícias