Topo
Notícias

Chance de corte nos juros pelo Fed até setembro avança a 69,5%, após dados dos EUA

São Paulo

13/06/2024 10h40

O monitoramento do CME Group mostra um crescimento na possibilidade de relaxamento pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), após a publicação de números do índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) e dos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos, com inflação mais fraca que o previsto para maio e pedidos de auxílio-desemprego acima do esperado.

Pouco antes do fechamento deste texto, a chance de corte de juros até setembro era de 69,5% (de 63,3% pouco antes do dado), com 30,5% de manutenção.

No detalhamento, havia 62,7% de possibilidade de uma redução de 25 pontos-base (pb) e 6,8% de um corte maior até setembro, de 50 pontos-base.

Para novembro, havia 50,1% de chance de um corte de 25 pb, 28,6% de uma redução de 50 pb, 18,6% de manutenção e 2,7% de um corte de 75 pb.

Já em dezembro, o monitoramento mostrava 45,3% de possibilidade de um corte de 50 pb, 25,7% de uma redução de 25 pb, 22,8% de um corte de 75 pb, 4,2% de manutenção e 2,1% de uma redução de 100 pb.

Notícias