Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Jovem é resgatada de cárcere privado após sair de casa para morar com namorada no DF

Polícia Civil do Paraná - Divulgação/PCPR
Polícia Civil do Paraná Imagem: Divulgação/PCPR

28/05/2024 19h08Atualizada em 28/05/2024 19h21

Uma jovem de 22 anos que era mantida em cárcere privado pela companheira foi resgatada na última quinta-feira, 23, em Taguatinga, no Distrito Federal. A vítima, que é natural de Curitiba, no Paraná, conheceu a autora do crime pela internet e foi morar com ela recentemente.

Depois da mudança, a jovem deixou de se comunicar com a família. Na madrugada do dia 22, porém, teria enviado um pedido de socorro à mãe, relatando que era impedida de usar o telefone e sair de casa desacompanhada.

"Toda a agenda do celular havia sido apagada para que ela não entrasse em contato com ninguém. O próprio chip do aparelho teria sido inserido no celular da companheira, para que ela controlasse as ligações", disse o delegado Fabiano Oliveira, da Polícia Civil do Paraná.

Depois de receber a denúncia, o órgão solicitou apoio à Polícia Civil do Distrito Federal, que conseguiu identificar o endereço da suspeita e efetuar o salvamento.

Aos policiais, a jovem disse que também era vítima de ameaças e agressões, e que era obrigada a trabalhar sem remuneração na empresa da autora, "em condição praticamente análoga a escravidão", conforme Oliveira.

A suspeita de 41 anos foi presa em flagrante por cárcere privado em contexto de violência doméstica. Depois de libertada, a vítima retornou à casa da família em Curitiba.

Notícias