Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Zelensky diz que gostaria de visitar Brasil, mas que não foi convidado por Lula

20.set.23 - O presidente Lula durante encontro com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em Nova York -  Ricardo Stuckert /Presidência da República
20.set.23 - O presidente Lula durante encontro com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em Nova York Imagem: Ricardo Stuckert /Presidência da República

19/04/2024 08h36Atualizada em 19/04/2024 08h59

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou que gostaria de visitar o Brasil, mas que ainda não foi convidado pelo mandatário Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Além disso, criticou uma possível reunião do petista com o presidente Vladimir Putin na cúpula do Brics prevista para outubro, na Rússia.

Em entrevista à CNN Brasil, o líder ucraniano lembrou de sua viagem para a posse do presidente da Argentina, Javier Milei, em dezembro de 2023, quando fez uma escala técnica em Brasília e não foi recebido por Lula.

"Ele [Milei] me convidou e eu fui. E o Lula não me convidou. Mas espero que ele me convide. Eu gostaria de ir ao seu país, com prazer e grande respeito pelo seu povo. Mas eu não posso fazer isso se não for convidado", comentou Zelensky, que também defendeu a realização de uma cúpula de presidentes latino-americanos sobre a guerra contra a Rússia.

Segundo Zelensky, seria importante "a presença do Brasil". No entanto, o mandatário alertou que "seria um grande erro" de Lula se reunir com Putin na cúpula do Brics. "Nós temos de isolar Putin. Ele precisa sentir que cometeu erros históricos ao atacar a Ucrânia e iniciar a guerra", disse.

Notícias