Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
8 meses

Lula e Putin expressam preocupação por vítimas civis em Gaza

Lula e Putin avaliaram também as medidas conjuntas a tomar para que decisões para a desescalada da crise possam ser lançadas através da ONU - Ricardo Stuckert / PR / 14.out.23
Lula e Putin avaliaram também as medidas conjuntas a tomar para que decisões para a desescalada da crise possam ser lançadas através da ONU Imagem: Ricardo Stuckert / PR / 14.out.23

23/10/2023 13h02

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou por telefone nesta segunda-feira (23) com seu homólogo russo, Vladimir Putin, e ambos expressaram uma "séria preocupação com o aumento de vítimas civis" no conflito entre Israel e o grupo fundamentalista islâmico Hamas em Gaza.

Segundo o Kremlin, citado pela agência Ria Novosti, os dois líderes enfatizaram a necessidade de um cessar-fogo no conflito deflagrado pelo Hamas no último dia 7 de outubro e que já provocou a morte de mais de 6 mil pessoas, sendo mais de 4,6 mil palestinos e 1,4 mil do lado de Israel.

Lula e Putin avaliaram também as medidas conjuntas a tomar para que decisões para a desescalada da crise possam ser lançadas através da Organização das Nações Unidas (ONU).

O telefonema é feito quase uma semana depois que o Conselho de Segurança da ONU rejeitou o texto proposto pelo Brasil sobre a guerra entre Hamas e Israel, com um veto dos Estados Unidos.

Atual presidente rotativo, o Brasil havia elaborado uma resolução que seria a primeira manifestação formal do órgão sobre o conflito. Na ocasião, a Rússia, assim como o Reino Unido, se absteve.

Por fim, os líderes brasileiro e russo pediram que seja garantido "acesso irrestrito para ajuda humanitária" a Gaza.

Hoje, Organizações não Governamentais (ONGs) que atuam na região afirmaram à imprensa internacional que o terceiro grupo de caminhões com itens de ajuda humanitária aos palestinos entrou no território por meio da passagem de Rafah.

Notícias