PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Motociclista Superman: manobra perigosa vira febre entre jovens no Brasil

Manobra Superman envolve pilotar a moto deitado, com o peito apoiado no tanque e o corpo na horizontal; polícia conhece prática - Reprodução
Manobra Superman envolve pilotar a moto deitado, com o peito apoiado no tanque e o corpo na horizontal; polícia conhece prática Imagem: Reprodução
do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/08/2022 04h00

No último dia 28, em Lauro Müller (SC), um adolescente de 16 anos atropelou um policial militar rodoviário durante blitz na SC-446. Segundo a polícia, o jovem participava de um racha com outro motociclista, que conseguiu fugir e executava a "Manobra Superman" - na qual a pessoa conduz a moto com o peito apoiado no tanque e o corpo na horizontal, como se estivesse voando.

O agente e o rapaz que o atropelou foram hospitalizados. Perigosa e ilegal, a acrobacia que faz referência ao personagem quase invencível e capaz de voar não é caso isolado: o noticiário e as redes sociais estão repletos de relatos e imagens de jovens que literalmente aceleram suas motocicletas deitados - arriscando a própria vida e também a de terceiros, em busca de alguma fama e curtidas.

O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Em junho, outro motociclista foi flagrado por um caminhoneiro fazendo a manobra na BR-060, na altura de Jataí (GO), supostamente a mais de 100 km/h. Ao se aproximar de um bloqueio policial, o condutor voltou a pilotar na posição convencional e seguiu viagem.

Na mesma rodovia, em janeiro, mais um rapaz foi visto "voando" sobre sua moto em Abadia de Goiás (GO), na Região Metropolitana de Goiânia - igualmente em alta velocidade.

Exemplos não faltam: o vídeo abaixo é de setembro de 2020 e mostra três jovens participando de disputa insana a bordo de suas motocicletas em Ribas do Rio Pardo (MS), na BR-262. Na ocasião, eles foram abordados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) e um deles acabou sendo preso por participar de competição em via pública - os demais conseguiram escapar.

A situações têm a mesma receita: jovens se arriscando em motos leves, mais sujeitas à perda de controle em altas velocidades, geralmente com apenas uma das mãos no guidão - a outra costuma ser usada para trocar as marchas.

Basta uma pesquisa rápida em plataformas como o YouTube para constatar que essa tentativa de demonstrar destreza muitas vezes termina em acidente, com alto risco de ferimentos graves e até fatais.

Manobra Superman e rachas

Motociclista arrisca a própria pele e a de terceiros em janeiro passado na BR-060, em Abadia de Goiás (GO) - Reprodução - Reprodução
Motociclista arriscou a própria pele e a de terceiros em janeiro passado na BR-060, em Abadia de Goiás (GO)
Imagem: Reprodução

Nos casos em que a "Manobra Superman" é combinada com disputa de racha, o motociclista pode ser até preso , a exemplo do que aconteceu em Ribas do Rio Pardo.

Nesse caso, o condutor foi enquadrado no Artigo 308 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que considera crime "participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística ou, ainda, de exibição ou demonstração de perícia em manobra de veículo automotor".

As penalidades previstas incluem detenção, de seis meses a três anos, mais multa e suspensão ou proibição de se obter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Marco Fabrício Vieira, membro da Câmara Temática de Esforço Legal do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e conselheiro do Cetran-SP (Conselho Estadual de Trânsito de São Paulo), explica que a manobra em si não constitui crime, desde que não haja risco de dano concreto a terceiros. Ainda assim, é uma infração de trânsito.

"Conduzir a moto completamente deitado no banco, manobra perigosa conhecida como 'Superman', é considerada malabarismo, infração tipificada no Artigo 244, Inciso III, do CTB. Só não seria infração caso fosse realizada em evento organizado ou em competição esportiva com permissão da autoridade com circunscrição sobre a via", esclarece o advogado e professor.

Vieira acrescenta que a "Manobra Superman" é infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, mais suspensão do direito de dirigir, retenção do veículo até sua regularização e recolhimento do documento de habilitação.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Notícias