PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Junta do Mali mantém desejo de adiar eleições

24/10/2021 19h24

Bamako, 24 Out 2021 (AFP) - A delegação do Conselho de Segurança da ONU, em visita oficial ao Mali, reuniu-se neste domingo (24) com os principais líderes da junta militar no poder, que insistiram em seu desejo de adiar as eleições.

Após dois golpes de Estado no último ano, o Mali tinha previsto celebrar eleições em 27 de fevereiro do ano que vem, mas as autoridades do país querem adiá-las.

"As autoridades malienses com as quais nos reunimos falaram de celebrar um congresso nacional de refundação antes das eleições", disse o embaixador do Níger na ONU, Abdou Abarry, durante coletiva de imprensa, na qual se referiu a um ato que comportaria provavelmente adiar o pleito.

A delegação do Conselho de Segurança, codirigida por Abarry, chegou no sábado à capital, Bamaco, e também fazem parte dela a embaixadora americana na ONU, Linda Thomas-Greenfield, e seu contraparte francês, Nicolas de Rivière.

Neste domingo, reuniu-se com o presidente da transição, coronel Assimi Goita, e com o primeiro-ministro, Choguel Kokalla Maiga.

Também manteve conversas com representantes da sociedade civil e grupos armados que assinaram o acordo de paz de 2015.

mk-sd/mrb/ayv/eb/dl/mvv

Notícias