PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Pai é suspeito matar filhas e netos no Paquistão por briga familiar, diz polícia

17/10/2021 15h24

Por Mubasher Bukhari

LAHORE, Paquistão (Reuters) - Um pai no Paquistão é suspeito de matar suas duas filhas e seus quatro netos ao incendiar a casa em que viviam porque uma das mulheres se casou contra sua vontade, disse a polícia neste domingo.

Manzoor Hussain está sendo caçado pela polícia após supostamente ter ateado fogo na casa em que as irmãs Fauzia Bibi e Khurshid Mai moravam em um vilarejo no distrito de Muzaffargargh, no centro do Paquistão, disse o policial Abdul Majeed à Reuters por telefone. O marido de Mai também morreu no incêndio, disse Majeed.

Bibi se casou com Mehboob Ahmad há cerca de 18 meses, contra a vontade de seu pai, segundo o policial, em oposição a um casamento arranjado. "O crime é resultado da rivalidade entre as duas famílias sobre o casamento por amor", disse Majeed.

O marido de Bibi, Ahmad, disse à polícia que não estava em casa no momento do incêndio e que encontrou a casa em chamas quando voltou do trabalho no início da manhã, de acordo com seu depoimento aos policiais.

Ahmad disse que seu filho de quatro meses morreu, junto com os três filhos de Mai, de dois, seis e 13 anos.

Centenas de mulheres no Paquistão são mortas por parentes todos os anos por se casarem sem consentimento ou contra a vontade de suas famílias, de acordo com a Comissão de Direitos Humanos do Paquistão.

Notícias