PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Eleições para primeiro-ministro do Japão deve ir para o segundo turno, diz NHK

26/09/2021 15h55

TÓQUIO (Reuters) - A disputa para determinar o próximo premiê do Japão provavelmente terá segundo turno, já que nenhum dos dois principais candidatos parece capaz de garantir maioria absoluta no primeiro turno do pleito daqui a três dias, disse a emissora pública NHK neste domingo.

Taro Kono, ministro responsável pelo programa de vacinação no Japão, é considerado o principal candidato a se tornar o próximo chefe do Partido Liberal Democrata (LDP). O líder do partido torna-se primeiro-ministro devido à maioria do LDP na câmara baixa do parlamento.

Mas Kono enfrenta a concorrência do ex-ministro das Relações Exteriores Fumio Kishida; de Sanae Takaichi, ex-ministra de assuntos internos; e de Seiko Noda, ex-ministra da igualdade de gênero.

Kono e Kishida têm angariado mais apoio, mas nenhum deles parece ter votos suficientes na quarta-feira para garantir maioria absoluta, afirmou a NHK, citando uma pesquisa feita com membros do partido.

Um total de 764 pessoas votarão na disputa, incluindo 382 congressistas e membros do partido em todo o país, disse a NHK. Cerca de 30% dos congressistas apóiam Kishida, afirmou a emissora, com Kono provavelmente angariando maior apoio entre os membros locais do partido, particularmente em grandes cidades como Tóquio e Osaka.

Kono e Kishida estão na dianteira com Takaichi em terceiro, de acordo com NHK. Conservadora linha-dura, ela é uma das duas mulheres na disputa e tem como trunfo o apoio do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe.

(Por David Dolan)

Notícias