PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

GM orienta a estacionar Bolt a 15 m de outros carros por risco de incêndio

Chevrolet Bolt é alvo de recall bilionário convocado pela General Motors - Divulgação
Chevrolet Bolt é alvo de recall bilionário convocado pela General Motors Imagem: Divulgação

16/09/2021 15h47Atualizada em 16/09/2021 15h47

A General Motors recomendou ontem (15) que os proprietários de veículos elétricos Chevrolet Bolt que estacionam em estabelecimentos compartilhados façam isso no último andar dos locais ou em lugares abertos. Também orienta a parar a uma distância de pelo menos 15 metros de outros veículos, citando potencial risco de incêndio.

A precaução "reduziria os danos potenciais às estruturas e aos veículos próximos no raro evento de um incêndio potencial", disse um porta-voz da empresa por e-mail enviado à Reuters. A GM enviou um aviso aos consumidores que perguntaram sobre problemas de estacionamento, acrescentou.

A GM já havia pedido aos proprietários que estacionem os veículos ao ar livre, longe de estruturas, e que não os carreguem as respectivas baterias durante a noite.

A GM também recomendou aos proprietários que não deixem seu Bolt carregando sem supervisão, mesmo que estejam usando uma estação de recarga em um estacionamento. A Bloomberg News já havia relatado a recomendação anteriormente.

Em agosto, a GM ampliou seu recall do Bolt para mais de 140 mil veículos para substituir módulos de bateria a um custo agora estimado em US$ 1,8 bilhão (R$ 5,2 bilhões) após relatos de pelo menos dez incêndios. A montadora disse que buscará o reembolso da LG, fornecedora de baterias da GM.

Na semana passada, a GM - maior montadora dos EUA - disse que prorrogaria o desligamento de uma fábrica de montagem em Michigan por duas semanas, após o recall do problema da bateria Bolt.

A GM disse que a extensão da paralisação da produção em sua fábrica de montagem Orion que passará por pelo menos 24 de setembro foi "resultado de uma falta de bateria" relacionado ao recall.

A GM não retomará a produção ou vendas do Bolt até que esteja satisfeita com a correção feita no recall para resolver o problema do risco de incêndio, ainda acrescentou a marca.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Notícias