PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Espanha suspende extradição de ex-general venezuelano após pedido de asilo

15/09/2021 00h49

Madri, 14 set (EFE).- A Justiça da Espanha suspendeu nesta terça-feira a extradição de Hugo Armando Carvajal Barrios, conhecido como 'Pollo Carvajal', um ex-general chavista preso em Madri na semana passada e considerado o fugitivo mais procurado dos Estados Unidos por tráfico de drogas.

A decisão sobre a extradição só será tomada após o Ministério do Interior espanhol resolver se aceitará o pedido de asilo apresentado pelo ex-militar venezuelano.

O ex-general chavista foi levado a uma penitenciária de Madri na última sexta-feira, um dia depois de ter sido preso em uma casa na capital espanhola, onde estava escondido - ele se mudava a cada três meses para escapar das autoridades.

Carvajal, que tinha passado por uma cirurgia estética, foi chefe da contra-espionagem militar da Venezuela nos governos de Hugo Chávez e do atual presidente do país, Nicolás Maduro. Os Estados Unidos o acusam de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e colaboração com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para contrabandear drogas para seu território.

Paralelamente ao pedido de asilo, a defesa de Carvajal solicitou na sexta-feira ao Tribunal Supremo espanhol que suspendesse, como medida cautelar, o acordo pelo qual o governo do país europeu deu luz verde à rendição do ex-general, em março do ano passado.

Naquela época, Carvajal já era foragido da justiça.

Notícias