PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
9 meses

Cartéis mexicanos tentam se instalar no Chile, alerta Ministério Público

08/09/2021 19h43

Santiago, 8 Set 2021 (AFP) - Os cartéis de drogas mexicanos estão tentando se estabelecer no Chile e iniciar a produção local de substâncias ilícitas instalando laboratórios, alertou o Ministério Público do Chile nesta quarta-feira (8).

"O Chile não é mais um país de trânsito de drogas. Na verdade, cartéis mexicanos amplamente conhecidos estão tentando se instalar no Chile", declarou o promotor federal, Jorge Abbott, ao apresentar o último relatório do "Observatório do Narcotráfico no Chile".

"Hoje, temos que admitir que iniciamos a trajetória daqueles territórios que acolhem a produção local de substâncias ilícitas e a instalação de cartéis dentro de suas fronteiras".

Abbot acrescentou que "devemos acabar com isso agora. Não podemos permitir que continue a se aprofundar, nem que esses grupos se enraízem em nosso país".

Luis Toledo, diretor da Unidade Especializada em Tráfico Ilícito de Drogas do Ministério Público do Chile, destacou que os cartéis mexicanos também têm "a intenção de oferecer drogas no Chile, em particular o cloridrato de cocaína, e uma substância que é um extrato derivado da maconha", para o qual estavam montando um laboratório no porto de Iquique, 1.800 km ao norte de Santiago.

"Braços operacionais dos cartéis mexicanos, principalmente o Cartel de Sinaloa e o Cartel Jalisco Nueva Generación, mostraram interesse nos portos chilenos", acrescentou.

O relatório também indica que "o aumento da apreensão de maconha, e a queda da cocaína e da pasta base [cocaína] continuam sendo uma tendência. Se detecta como uma ameaça a venda em massa de um FALSO 2CB", uma droga cujo consumo tornou-se popular e é apelidada de "cocaína rosa".

fj/pb/lda/ap

Notícias