PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Helicóptero com 278 quilos de cocaína cai na região do Pantanal, em Mato Grosso

José Maria Tomazela

02/08/2021 20h18

Um helicóptero que levava quase 300 quilos de cocaína caiu na região do Pantanal, município de Poconé, em Mato Grosso, neste domingo, 1º. A aeronave, modelo Robinson R-44, foi encontrada em operação da Polícia Federal (PF) de combate ao tráfico internacional de drogas, com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). O aparelho caiu em uma fazenda, em área atingida recentemente por um incêndio florestal. Nenhum ocupante do helicóptero foi localizado.

A droga, que pesou 278,5 kg, avaliada em quase R$ 7 milhões, estava acondicionada em malotes que ficaram espalhados ao redor do aparelho acidentado. Na queda, o helicóptero tombou. Agentes da PF, com apoio da Polícia Militar do Mato Grosso, vasculharam um raio de 10 km e não encontraram o piloto do helicóptero ou outros suspeitos do tráfico. Também não foram achados vestígios de pessoas feridas.

O aparelho, com capacidade para quatro pessoas, incluindo o piloto, é avaliado em R$ 425 mil. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o helicóptero está registrado em nome de Ronney José Barbosa Sampaio, um policial civil do Distrito Federal. A reportagem entrou em contato com Ronney, mas ele não havia retornado até a publicação. Ao G1, o policial disse que vendeu o helicóptero em maio deste ano a uma pessoa de Mato Grosso do Sul. No entanto, o comprador não teria feito a transferência para seu nome.

A PF informou que o helicóptero se acidentou em uma rota do tráfico internacional de drogas que vinha sendo monitorada, com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron). Carregamentos de cocaína embarcados em países vizinhos adentram o país em voos clandestinos. A droga foi levada à superintendência da Polícia Federal de Mato Grosso, em Cuiabá, que vai investigar o caso.

No sábado, 31, a operação da PF, com apoio do Gefron e da FAB, apreendeu uma aeronave modelo Cessna com 324 quilos de cocaína, na região de Colniza, em Mato Grosso. O avião foi interceptado quando fazia um voo clandestino entre Machadinho D’Oeste, em Rondônia, e o distrito de Guariba, na cidade mato-grossense. O Cessna pousou em uma pista localizada no meio da floresta e o piloto conseguiu fugir em meio à mata. A droga e a aeronave foram levadas para a superintendência da PF.

Notícias