PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Governo do Canadá diz ter doses suficientes para imunizar toda a população

28/07/2021 03h44

Toronto (Canadá), 27 jul (EFE).- O governo do Canadá informou nesta terça-feira que atingiu, dois meses antes do previsto, as 66 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 necessárias para imunizar completamente todas as pessoas elegíveis.

O primeiro-ministro, Justin Trudeau, anunciou a conquista em uma entrevista coletiva, acrescentando que apenas 0,5% dos novos casos de coronavírus em território canadense foram relatados em pessoas vacinadas. "Não há mais desculpas para não se vacinar", declarou o premiê.

De acordo com os últimos números, o Canadá administrou 48,2 milhões de doses das vacinas, das quais 26,8 milhões são primeiras doses e 21,4 milhões, segundas.

Atualmente, 80,2% da população canadense acima de 12 anos de idade já foi inoculada pelo menos uma vez, enquanto 64% recebeu as duas injeções.

O Canadá aprovou em pessoas com mais de 12 anos de idade o uso de vacinas de quatro laboratórios diferentes: Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson.

"A melhor maneira de acabar com esta pandemia é que todos se vacinem o mais rápido possível. O marco anunciado hoje é um sinal claro de que estamos próximos de atingir esse objetivo", destacou Troudeau.

Por outro lado, ele reconheceu que novas variantes do coronavírus, como a delta, poderiam levar a um aumento dos casos, algo que está acontecendo em outros países. Isso poderia causar problemas no sistema de saúde, com a saturação das unidades de terapia intensiva hospitalar.

Várias províncias em todo o país anunciaram iniciativas, tais como loterias com prêmios em dinheiro, para incentivar a vacinação entre grupos ainda relutantes em serem imunizados contra a Covid-19.

O Canadá informou na semana passada que reabrirá suas fronteiras terrestres a partir de 9 de agosto aos americanos totalmente vacinados e que no dia 7 de setembro estenderá a medida aos viajantes do resto do mundo que completaram o cronograma de imunização pelo menos 14 dias antes da chegada ao país.

As fronteiras terrestres com os Estados Unidos estão fechadas desde março de 2020 para todas as viagens consideradas não essenciais, e as chegadas aéreas de cidadãos e residentes permanentes foram restringidas para controlar a pandemia.

Notícias