PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Biden assina texto que inclui pessoas com sequelas da covid em lei de deficientes

Presidente Joe Biden assinou um projeto que inclui pessoas com sintomas prolongados da covid-19, como fadiga e dor crônica, à Lei de Americanos com Deficiências - Anna Moneymaker/Getty Images
Presidente Joe Biden assinou um projeto que inclui pessoas com sintomas prolongados da covid-19, como fadiga e dor crônica, à Lei de Americanos com Deficiências Imagem: Anna Moneymaker/Getty Images

Gabriel Caldeira

26/07/2021 13h32Atualizada em 26/07/2021 14h03

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta segunda-feira, 26, um projeto que inclui pessoas com sintomas prolongados da covid-19, como fadiga e dor crônica, à Lei de Americanos com Deficiências (ADA, na sigla em inglês), que entrou em vigor há 31 anos hoje.

Após discurso em comemoração à data, Biden disse que seu governo irá garantir que aqueles com sequelas da doença tenham acesso aos recursos e acomodações do ADA. Perguntado se a Casa Branca conseguirá fazer com que os americanos que ainda não se imunizaram contra a covid-19 tomem a vacina, o presidente dos EUA respondeu: "nós temos que conseguir".

Notícias