PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Macron convoca reunião para examinar programa de espionagem Pegasus

Reunião ocorre após a revelação de que os telefones de Macron estão entre os potenciais alvos do programa de espionagem - Ludovic Marin/AFP
Reunião ocorre após a revelação de que os telefones de Macron estão entre os potenciais alvos do programa de espionagem Imagem: Ludovic Marin/AFP

Em Paris

22/07/2021 07h15

O presidente francês, Emmanuel Macron, convocou um conselho de defesa "excepcional" hoje para abordar o caso do programa de espionagem Pegasus de fabricação israelense, após informações sobre seu uso na França, anunciou o porta-voz do governo Gabriel Attal.

"O presidente acompanha de perto o tema e leva muito a sério", declarou Attal à rádio France Inter.

Ele explicou que a reunião será dedicada ao caso Pegasus e à segurança cibernética, após a revelação de que os telefones de Macron estão entre os potenciais alvos do programa de espionagem.

Um consórcio de 17 meios de comunicação, incluindo Washington Post, The Guardian e Le Monde, informaram na terça-feira que um dos números de telefone de Macron e os de vários ministros do gabinete estão em uma lista de possíveis alvos do Pegasus.

Os jornais indicaram que não conseguiram confirmar se foi apenas uma tentativa de ataque ou se a ação teve sucesso.

Há provas de uma tentativa de pirataria no telefone do ex-ministro do Meio Ambiente e aliado de Macron Francois de Rugy, supostamente a partir do Marrocos.

O NSO Group, desenvolvedor do Pegasus, negou que Macron estivesse entre os alvos de seus clientes.

Notícias