PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Carros baratos: 10 modelos de R$ 25 mil para você ter na garagem

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho é administrador de empresas, consultor e primeiro "caçador de carros" profissional do país. Seu canal no YouTube dedicado a avaliações de achados automotivos tem mais de 100 mil inscritos. www.youtube.com/CarrosdoPortuga

do UOL

Colunista do UOL

22/07/2021 04h00

O mercado de carros novos está cada vez mais distante de uma grande parcela da população brasileira. Os modelos mais baratos partem dos R$ 45 mil, valor que até pouco tempo atrás era de automóveis médios. Com isso, as pessoas com orçamentos inferiores a isso são obrigadas a procurar no mercado de usados, esse sim com uma fartura de veículos para todos os gostos e bolsos.

Entretanto, com a alta dos preços dos carros novos, o valor dos usados também tem sido puxado para cima, dificultando a escolha de quem está com orçamento muito baixo. Por exemplo, quem tem até R$ 20 mil para comprar um automóvel terá que optar por modelos com mais de 10 anos de uso. Até mesmo um simples Fiat Palio 1.0 com 10 anos já vale mais que esse preço.

Portanto, para aqueles que não querem pegar carros tão antigos, recomendo que façam um esforço para chegar nos R$ 25 mil, faixa de preço com boa variedade de opções. É provável que você consiga fazer um bom negócio, mas antes é preciso escolher o modelo certo. Imagino que pessoas que têm esse orçamento limitado levam meses de trabalho para conseguir juntar esse dinheiro, portanto não pode errar na compra.

Na coluna dessa semana listarei algumas opções nessa faixa dos R$ 25 mil que eu teria na minha garagem. Todos eles têm ar-condicionado e direção hidráulica, itens que não abro mão. Também considerei apenas carros com transmissão manual e, obviamente, até 10 anos de idade.

Fiat Uno Vivace 1.0 2p 2015

Uno Vivace - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O mais novo dessa lista tem apenas seis anos, mas para que um Uno Vivace 2015 pudesse ser considerado aqui, precisei limitar na carroceria duas portas, que fica entre R$ 24 mil e R$ 25 mil. Essa mesma versão e ano, mas com quatro portas, passa dos R$ 30 mil, diferença difícil de ser explicada.

Portanto, para aqueles que não se importam com o número de portas, essa é uma excelente opção. Ainda mais se considerarmos o baixo custo de manutenção de um Fiat Uno, algo que certamente faz diferença para quem está com a grana curta.

Chevrolet Classic LS 2014

CLassic - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Mas se você não pode abrir mão das quatro portas, aqui tem uma opção com sete anos de uso que ainda tem bom espaço para bagagem. Estou falando do Chevrolet Classic, o famoso Corsa sedã de primeira geração, que apesar de já ter saído de linha ainda é um bom negócio na faixa dos R$ 25 mil.

Como o modelo vendeu aos montes e ainda compartilha peças mecânicas com Chevrolet atuais, manter um Classic é bem tranquilo. Nesse modelo 2014, ele já vinha com duplo airbag e freios ABS, itens importantes de segurança que passaram a ser obrigatórios naquele ano.

Chevrolet Celta LT 4p 2013

Celta - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Pelo mesmo preço do Classic 2014 é possível levar um Celta 2013 quatro portas. Não parece muito racional, já que o espaço para bagagens é menor e o carro é um ano mais antigo. Mas não deixa de ser uma opção para aqueles que não gostam do visual dos anos 90 do Classic.

Conta com a mesma mecânica, ou seja, também é bem tranquilo de manter, mas esqueça de airbags e ABS, itens disponíveis somente depois do modelo 2014, que já fica fora da faixa dos R$ 25 mil propostos nessa lista.

Renault Logan Expression 1.6 2013

Renault Logan - Murilo Goes/UOL - Murilo Goes/UOL
Imagem: Murilo Goes/UOL

Essa é uma das joias dessa lista, por não ser tão antigo e ainda contar com motor 1.6. O Renault Logan ainda vem com excelente espaço interno para os ocupantes e bagagens. É até difícil acreditar que ele custa o mesmo que o Celta citado acima, mas são coisas do mercado de usados.

Na verdade, custa um pouquinho mais, cerca de R$ 27 mil, mas vale o esforço. O motor 1.6 tem mais apetite por combustível, mas compensa no desempenho, principalmente para os que costumar pegar estrada com o carro carregado. A manutenção é barata, e até mesmo o custo de reparabilidade é baixo.

Chevrolet Corsa Maxx sedã ou hatch 1.4 2012

Chevrolet Corsa Maxx 2012 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Sei que o Logan não é dos carros mais bonitos, e se isso for algo considerável para você, recomendo que desça um ano e opte pelo Chevrolet Corsa de 2ª geração, que na versão Maxx com motor 1.4, chega no máximo nos R$ 26 mil tanto na carroceria hatch como na sedã.

Com visual agradável, foi o último Chevrolet pequeno com desenho igual ao oferecido no mercado europeu. O motor 1.4 vai muito bem nesse carro, e também é facílimo de se manter, por conta da farta opção de peças de reposição.

Fiat Siena EL 1.0 2012

Siena - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Pelo mesmo preço do Corsa é possível levar um Siena do mesmo ano para casa, mas com motor 1.0. Para mim, não faz muito sentido, mas pode fazer para quem precisa de bom espaço para bagagem com baixo consumo de combustível.

Assim como o já citado Fiat Uno, esse motor 1.0 da família Fire é muito simples e barato de se manter, talvez por isso o Siena ainda seja tão valorizado no mercado de usados.

Nissan Livina Night & Day 1.6 2012

Nissan Livina Night & Day 2012 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Dificilmente um Nissan fica fora das minhas listas. São carros que nem sempre são bem vistos pelo mercado de usados e não desvalorizam mais. Veja que, pelo mesmo preço de um Siena 1.0, é possível levar um Livina 1.6, modelo que para mim é bem superior em quase todos os quesitos.

Perde no maior custo com combustível e manutenção, mas ganha em conforto, acabamento, desempenho e espaço interno. Se é disso que você precisa, o carro passa a ser uma boa escolha. A versão Night & Day 2012 atende a faixa de preço dessa lista, mas é possível considerar outras versões.

Nissan Tiida sedã 2011

Nissan Tiida sedan 2011 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Ele é feio, sei disso. Mas se você não se importa com isso, pode considerar o Tiida sedã como uma ótima escolha. Para mim, é o melhor da lista do quesito dirigibilidade. O forte motor 1.8 aliado a transmissão manual de 6 marchas fazem do Tiida um lobo em pele de cordeiro.

O carro é robusto, mas considerando os 10 anos de vida é possível que tenha manutenções pendentes, e o custo das peças não é barato. Resumindo, é bom para quem quer carro com qualidade, mas não chora na hora que encosta no mecânico.

Chevrolet Meriva Maxx 1.4 2011

Chevrolet Meriva Maxx - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O quarto Chevrolet da lista deixa claro que não faltam opções da marca nessa faixa de preço. Tem as mesmas qualidades já citadas, como o baixo custo de manutenção, com a vantagem do excelente espaço interno, graças ao formato monovolume da carroceria.

Essa por sinal, anda um pouco fora de moda nos tempos atuais, mas acho que isso não deve ser uma preocupação para um carro 2011.

Fiat Stilo Attractive 2011

Fiat Stilo Attractive - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O Stilo envelheceu mal, pelo menos na minha opinião. Mas esses dias tive contato com um e me surpreendi com o conforto da suspensão. Em ruas esburacadas, algo que não falta no nosso país, ele se comporta muito bem, transmitindo pouco para os ocupantes.

O isolamento acústico também é dos melhores. O motor 1.8 é o mesmo que ainda é utilizado pela Chevrolet na Spin, portanto tem baixo custo de manutenção, mas forte apetite por combustível. Vale a compra para quem roda pouco e não se preocupa tanto com isso.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Notícias