PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Dirigente do Fed cita economia em muito bom estado, mas recuperação desigual

André Marinho

São Paulo

24/06/2021 11h18

O presidente da distrital de Filadélfia do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Patrick Harker, afirmou nesta quinta-feira que a economia dos Estados Unidos "está em muito bom estado". Ele alertou, no entanto, para a desigualdade no processo de recuperação da crise provocada pelo coronavírus.

Em discurso durante evento virtual, o dirigente destacou que, embora o Produto Interno Bruto (PIB) tenha recuperado boa parte das perdas do ano passado, o mercado de trabalho ainda tem 7,6 milhões de empregos ativos a menos do que antes da pandemia. "E se você assumir que teríamos mantido nosso crescimento de empregos pré-pandemia de cerca de 200 mil por mês se a covid-19 nunca tivesse chegado, estamos realmente com déficit de cerca de 10,6 milhões de postos", explicou.

Na visão de Harker, o persistente declínio da mobilidade social nos EUA é alarmante. "Uma de nossas responsabilidades mais importantes à medida que emergimos da pandemia - como banqueiros centrais, formuladores de políticas e simplesmente cidadãos preocupados - é construir uma recuperação equitativa da força de trabalho e traçar uma sociedade na qual todos os cidadãos", argumentou.

Segundo ele, o Fed pode contribuir para a redução das disparidades por meio de uma política monetária que busque o mandato duplo do BC americano de pleno emprego e estabilidade de preços. "Um mercado de trabalho robusto, onde as empresas competem por mão de obra, fará muito por si só para construir uma recuperação equitativa", avaliou.

Notícias