PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Como mensagem religiosa em placa de carros virou problema nos EUA

Placa do Mississippi - Reprodução
Placa do Mississippi Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

24/06/2021 11h59

Três residentes locais não religiosos, a organização American Atheists e a Associação Humanista do Mississippi entraram com uma ação na última terça-feira contra o estado norte-americano por conta dos dizeres "In God We Trust" (Em Deus confiamos) na placa dos carros da região. Eles alegam que isso viola a liberdade de expressão e religião, obrigando pessoas a exibir mensagem religiosa em seus veículos pessoais.

Esta frase foi adicionada às placas em 2019, e de acordo com a ação os proprietários de automóveis são obrigados a ou promover a declaração religiosa, ou pagar uma taxa adicional por uma placa sem ela.

"A cada minuto que passam nas ruas do Mississippi, os ateus são forçados a agir como um outdoor para a mensagem religiosa do estado. Alguns podem evitar ser porta-vozes do governo pagando uma multa", disse Geoffrey T. Blackwell, advogado da associação.

Entretanto, o governador Tate Reeves, em um comunicado no Twitter, disse que planeja defender a frase na placa.

"Eu sei que os valores do Mississippi são a nossa força... e eu quis dizer isso quando disse, como governador, que defenderia nossos valores todos os dias. Defenderei "In God We Trust" em nossa placa, em nossa bandeira e em nosso selo de estado. Todos. Os. Dias", escreveu ele.

Nick Fish, presidente da American Atheists, rebateu: "não importa o quanto o governador Reeves ou outros políticos queiram fingir que o Mississippi é algum tipo de clube somente para cristãos, isso não é verdade."

"Forçar motoristas ateus a endossar uma mensagem religiosa que eles rejeitam é antitético aos nossos valores como americanos e é inconstitucional. Pura e simplesmente."

Notícias