PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Irã autoriza uso emergencial de 1ª vacina local contra covid-19

15/06/2021 04h01

Teerã, 14 jun (EFE).- As autoridades do Irã permitiram o uso emergencial da primeira vacina do país contra a covid-19, a COVIRAN Barekat, que ainda não concluiu a terceira fase de ensaios clínicos, informou o Ministério da Saúde nesta segunda-feira.

O ministro da Saúde iraniano, Said Namaki, explicou que já emitiu a permissão para a vacina, cujas doses começarão a ser administradas na campanha de vacinação geral "a partir da semana que vem".

De acordo com Namaki, a autorização foi dada após os bons resultados nas duas primeiras fases e após "passar um tempo" prudente desde o início da terceira.

COVIRAN Barekat, vacina de vírus inativado e desenvolvida pelo órgão estatal Execução da Ordem do Imã Khomeini, teve a terceira fase de ensaios iniciada em 25 de abril, com 20 mil voluntários.

Os pesquisadores afirmam que a vacina tem poucos e suaves efeitos secundários e que funciona contra as diferentes variantes do novo coronavírus, embora não tenham revelado a sua porcentagem de eficácia.

Com a utilização do novo imunizante, o Irã pretende acelerar uma campanha que avança lentamente devido à escassez de vacinas recebidas, principalmente Sputnik V, a da Sinopharm e a da AstraZeneca.

O Irã tem várias candidatas a vacinas. Além da COVIRAN Barekat, duas outras estão em processo de ensaios clínicos, mas menos avançadas: Razi Cov Pars e Fajra.

O país também coopera com o governo cubano no desenvolvimento da Soberana 02, cujo estudo da terceira fase está sendo realizado simultaneamente em Cuba e no Irã.

A Soberana 02, chamada de Pasteur no Irã, também terá o uso emergencial autorizado em breve, disse o ministro iraniano.

"A Pasteur, que é uma das melhores vacinas com a tecnologia que o nosso país tem em comum com Cuba, terá autorização para utilização de emergência no início da próxima semana", disse Namaki.

Ao todo, 4.354.445 pessoas receberam a primeira dose de alguma vacina contra a covid-19 no Irã, e mais de 850 mil a vacinação completa, de uma população de mais de 80 milhões de habitantes.

Notícias