PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Antes do G7, UE aprova acordo de pesca com Reino Unido

11/06/2021 08h50

BRUXELAS, 11 JUN (ANSA) - Horas antes da reunião formal do G7, o Conselho Europeu aprovou o acordo definitivo com o Reino Unido sobre a pesca para os anos de 2021 e 2022 nesta sexta-feira (11). O pacto saiu após cinco meses de negociações bastante tensas e segue o que havia sido determinado no documento que firmou o Brexit, a saída dos britânicos da UE.   

O documento é o mesmo que, em 2 de junho, os negociadores tinham chegado a um consenso e versa sobre os espaços de pesca em águas britânicas e que pertencem aos países do bloco e os estoques de águas profundas, deixando as regras mais claras.   

"O acordo garante estabilidade aos pescadores do Reino Unido e da União Europeia, garantindo, ao mesmo tempo, uma gestão sustentável dos recursos marinhos", explica em nota o bloco europeu.   

No entanto, apesar do pacto - em um dos pontos mais polêmicos de todo o acordo do Brexit -, o clima entre os dois lados ainda está tenso por conta de questões envolvendo a Irlanda do Norte.   

O ministro das Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, afirmou que "a integridade do Reino Unido não é negociável" e que o bloco europeu deve ter um "comportamento mais flexível" sobre o assunto.   

"Nós não negociamos e não mercantilizamos a integridade do Reino Unido, seja territorial, constitucional ou de integridade econômica. Essa matéria não está na mesa", disse o chanceler à "Sky TV".   

A fala foi uma resposta ao presidente francês, Emmanuel Macron, que disse que "nada é renegociável" nas conversas do Brexit, acusando Londres de não cumprir diversos pontos do acordo formal de saída do bloco. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias