PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Netanyahu afirma que operação contra milícias em Gaza "ainda não terminou"

14/05/2021 21h23

Jerusalém, 14 mai (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, advertiu nesta sexta-feira que a operação militar contra as milícias palestinas na Faixa de Gaza, em resposta aos disparos de projéteis contra território israelense, irá continuar.

"Ainda não terminou. Faremos todo o possível para restaurar a segurança nas nossas cidades para nossos cidadãos", disse Netanyahu após uma reunião de avaliação da situação com funcionários de segurança em Tel Aviv.

Depois de mais uma madrugada de lançamentos de projéteis contra Israel e de uma intensa ofensiva israelense por terra e ar em Gaza, este quinto dia de escalada no conflito continuou ao som dos alarmes nas comunidades israelenses e dos bombardeios no enclave.

O exército israelense atingiu dezenas de alvos que descreveu como "forças navais", incluindo barcos, armazéns de armas, postos de observação e instalações militares, bem como fábricas de armas e "equipamento da unidade cibernética da organização terrorista do Hamas".

Além disso, disparou contra um grupo que se preparava para lançar um míssil anti-tanque.

O Egito informou hoje que uma delegação enviada a Tel Aviv para tentar mediar um cessar-fogo voltou ao país após Israel ter rejeitado a possibilidade de estabelecer uma trégua com as facções palestinas.

Por sua parte, o exército israelense segue não descartando a possibilidade de uma ofensiva terrestre e tropas adicionais estão posicionadas nas proximidades do enclave.

Desde segunda-feira, pelo menos 122 palestinos foram mortos em Gaza, enquanto nove pessoas morreram em Israel devido ao impacto dos projéteis.

Notícias