PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Boris Johnson vai contestar dívida cobrada na justiça

13/05/2021 06h17

Londres, 13 Mai 2021 (AFP) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, apresentará recurso contra uma dívida de 535 libras (757 dólares) cobrada pela justiça, informou Downing Street, relacionada segundo uma revista com um caso de difamação apresentado por "uma adepta de teorias da conspiração".

No momento em que o líder conservador é acusado de falta de integridade em vários escândalos, a revista satírica Private Eye revelou a existência de uma sentença de outubro, encontrada em uma base de dados on-line dos tribunais civis.

Consultada pela AFP, a decisão judicial não revela detalhes da natureza da dívida, nem do credor. Porém, o texto cita Johnson como o devedor, registrado no famoso endereço do número 10 de Downing Street, residência dos primeiros-ministros britânicos desde 1735.

"Um recurso será apresentado para tentar anular esta sentença à revelia e anular a demanda, além de declará-la totalmente sem fundamento", afirmou na quarta-feira uma porta-voz de Downing Street.

O jornal Daily Mail informou que Johnson deve a quantia a uma "adepta de teorias da conspiração" que acusou o chefe de Governo de "difamação reiterada". Segundo a publicação, esta mulher inicia com frequência processos contra diversas instituições e envia cópias de suas queixas à rainha Elizabeth II, à BBC e ao Parlamento.

O jornal afirma que a sentença foi anunciada à revelia porque Johnson não respondeu à demanda.

spe-acc/pc/fp

Daily Mail

Notícias