PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

UE pede fim imediato da violência entre israelenses e palestinos

12/05/2021 13h40

Bruxelas, 12 Mai 2021 (AFP) - O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, pediu nesta quarta-feira (12) o fim imediato da escalada de violência entre israelenses e palestinos, especialmente na região de Gaza e arredores, para evitar um conflito generalizado.

"A UE apela ao fim imediato da violência atual. Tudo o que for possível deve ser feito para prevenir um conflito mais amplo, que afetará, acima de tudo, as populações civis de ambos os lados", declarou em nota oficial.

Borrell reforçou que "a grave escalada em Israel e no território palestino ocupado, incluindo o grande aumento da violência dentro e ao redor de Gaza, deve parar".

Ele acrescentou que "todos os esforços devem ser direcionados para evitar as vítimas civis e apoiar a redução da escalada" da violência.

Para o chefe da diplomacia europeia, "o lançamento indiscriminado de foguetes do Hamas e de outros grupos contra civis israelenses é inaceitável".

No entanto, "embora reconheça a necessidade legítima de Israel de proteger sua população civil, esta resposta deve ser proporcional e com a maior restrição no uso da força", disse.

Em relação a Jerusalém, Borrell acrescentou que "o status quo nos lugares sagrados deve ser respeitado" e também pediu que a "liberdade de culto" seja garantida.

"Estou em contato com as partes relevantes da região e com a comunidade internacional, inclusive por meio do Quarteto do Oriente Médio, para reduzir a situação como uma questão de prioridade", disse ele.

ahg/mb/mr

Notícias