PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

'Com 10 inquéritos, Renan tem moral para prender alguém?', diz Bolsonaro

Bolsonaro quer incluir redes sociais e novas punições no Marco Civil da Internet - Imagem: Alan Santos/PR/Palácio do Planalto/Flickr
Bolsonaro quer incluir redes sociais e novas punições no Marco Civil da Internet Imagem: Imagem: Alan Santos/PR/Palácio do Planalto/Flickr
do UOL

Do UOL, em São Paulo

12/05/2021 21h15

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rebateu o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid no Senado Federal, e disse que o parlamentar não teria moral para prender ninguém, referindo-se ao episódio envolvendo Fabio Wajngarten, ex-secretário-executivo do Ministério das Comunicações no governo de Bolsonaro.

"Com mais de 10 inquéritos no STF, Renan tem moral para querer prender alguém?", escreveu Bolsonaro, nas redes sociais.

Ao UOL, a assessoria do emedebista disse que na verdade são oito investigações abertas contra o parlamentar nesta instância, mas afirmou que não comentaria a fala do presidente.

Mais cedo, Renan Calheiros acusou Wajngarten de "mentir" ao ser sabatinado por senadores durante a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) e ameaçou prendê-lo sob justificativa de falso testemunho.

Vídeo editado sem "Rachadinhas"

Bolsonaro postou ainda o trecho do vídeo em que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) chama Renan Calheiros de "vagabundo" durante a sessão no Senado, mas cortou a parte em que o senador cita o caso das "Rachadinhas", referindo-se às denúncias que envolvem o filho do presidente Jair Bolsonaro. No momento, houve troca de ofensas e a sessão foi suspensa pelo presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM). (Assista ao vídeo abaixo)

"Vamos tentar colocar vacina nos braços dos brasileiros e não tentar fazer palanque, como o senador Renan Calheiros tenta fazer. A todo momento, querendo aparecer... Imagina um cidadão honesto sendo preso por vagabundo, que é o senador Renan Calheiros?!", afirmou Flávio Bolsonaro. "Vagabundo é você que roubou dinheiro do pessoal do gabinete", rebateu Renan,

Na saída do plenário da CPI, após a suspensão, Renan e Flávio voltaram a se estranhar. Renan disse a Flávio: "Moleque é você. Você é que é moleque".

Renan x bolsonaristas

A CPI da Covid investiga ações e eventuais omissões do governo federal em meio à pandemia, além de fiscalizar recursos da União repassados a estados e municípios.

O senador Renan Calheiros, integrante do partido com maior número de membros, é o relator da comissão, enquanto Omar Aziz é o presidente, e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição, é o vice-presidente. O desenho se mostra pouco favorável ao governo, que ainda estuda estratégias para minimizar os danos da CPI.

Em abril, o Planalto já havia agido para que Renan Calheiros não fosse indicado relator da CPI. Além de ser crítico do governo de Bolsonaro, ele apoia o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Notícias