PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Agência dos EUA recomenda uso da Pfizer para adolescentes de 12 a 15 anos

Vacina Pfizer foi recomendada para adolescentes de 12 a 15 anos nos EUA - Dado Ruvic/Reuters
Vacina Pfizer foi recomendada para adolescentes de 12 a 15 anos nos EUA Imagem: Dado Ruvic/Reuters
do UOL

Colaboração para o UOL

12/05/2021 18h34

Os assessores do CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos votaram hoje a favor do uso da vacina Pfizer em adolescentes de 12 a 15 anos. Segundo o órgão, o imunizante é seguro e eficaz para as pessoas dessa faixa etária, e a expectativa é de que 17 milhões sejam beneficiados.

A diretora do CDC, Rochelle Walensky, acatou a recomendação e considerou este um importante passo para "sair da pandemia". O imunizante já estava autorizado para jovens a partir de 16 anos.

"A vacinação dos adolescentes significa um retorno mais rápido às atividades sociais e pode proporcionar aos pais e responsáveis tranquilidade por saber que sua família está protegida", diz em comunicado.

O texto veiculado no site do órgão, ressalta que, embora a maioria das crianças infectadas com covid-19 tenha sintomas leves ou nenhum sintoma, algumas podem ficar gravemente doentes e exigir hospitalização. Também ressaltou casos raros de mortes e efeitos colaterais da doença, como a síndrome inflamatória multissistêmica.

A FDA (Food and Drug Administration), equivalente à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já havia autorizado o uso na segunda-feira (10). Alguns estados, como Geórgia, Delaware e Arkansas, começaram a oferecer o imunizante para esse público hoje, mas outras regiões estavam esperando a decisão do CDC. Com isso, os EUA devem começar oficialmente o uso da vacina da Pfizer para este grupo.

Notícias