PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Papa critica especulação financeira e pede que seja regulamentada

Papa Francisco quer alcançar uma "economia diferente e justa" - Vincenzo Pinto/AFP
Papa Francisco quer alcançar uma "economia diferente e justa" Imagem: Vincenzo Pinto/AFP

04/05/2021 11h54

O papa Francisco criticou hoje a "especulação" que domina os mercados financeiros, que em tempos de pandemia "aumentou como nunca", e pediu que seja "estritamente regulamentada" para alcançar uma "economia diferente, mais justa, inclusiva e sustentável".

Em uma mensagem de vídeo por ocasião da maratona de orações programada para todo o mês de maio para pedir o fim da pandemia, o pontífice abordou o delicado tema da economia e suas injustiças.

"Embora a economia real, a que cria trabalho, esteja em crise, há tantas pessoas sem emprego! Os mercados financeiros nunca estiveram tão inflacionados como agora", afirmou o papa Francisco, segundo o texto divulgado em italiano pelo departamento de comunicação do Vaticano.

"As finanças, se não são regulamentadas, se transformam em pura especulação impulsionada por políticas monetárias. Esta situação é insustentável. É perigosa", lamenta o pontífice.

"Para evitar que os pobres voltem a pagar as consequências, a especulação financeira deve estar estritamente regulamentada regulada", pediu.

"Ainda resta tempo para colocar em prática um processo de mudança global para aplicar uma economia diferente, mais justa, mais inclusiva, sustentável e que não deixe ninguém para trás. Vamos fazer", completou.

"Oremos para que os líderes financeiros trabalhem com os governos para regulamentar os mercados financeiros e proteger os cidadãos em perigo", disse o pontífice, que já questionou em vários momentos o modelo econômico que prioriza os lucros e não os pobres e esquecidos.

kv/mb/fp

Notícias