PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Cinco pessoas da mesma família morrem em acidente em rodovia na Bahia

Oléo na pista provoca acidente, e cinco pessoas da mesma família morrem na Bahia - Divulgação/PRF-BA
Oléo na pista provoca acidente, e cinco pessoas da mesma família morrem na Bahia Imagem: Divulgação/PRF-BA
do UOL

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL

04/05/2021 13h53

Uma colisão de veículos causou a morte de cinco pessoas da mesma família, na Bahia, no início da noite de ontem. Entre as vítimas estavam duas crianças, de 7 e 12 anos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro da família seguia pela rodovia BR-020 quando deslizou no pavimento sujo por óleo derramado, invadiu a faixa contrária e colidiu de frente com uma carreta.

De acordo com o policial rodoviário federal Rivânio Reicardo, a violência do impacto não permitiu sobreviventes no carro de passeio.

"Eu e outro colega fomos ao local e vou falar: é coisa para nunca mais esquecer. A pancada foi muito grande porque, aparentemente, o veículo da vítimas estava em alta velocidade", disse o agente ao UOL.

A colisão ocorreu na altura da cidade de Luis Eduardo Magalhães, a 960 km de Salvador.

O policial explicou que a lâmina de óleo pode ter sido deixada por outro veículo. "Era um óleo vegetal. Ali é rota de trânsito pesado. Algum caminhão transportando óleo vegetal deve ter passado anteriormente, e os resíduos caíram na rodovia", disse.

Ainda de acordo com a PRF, o motorista do caminhão não precisou de atendimento médico. Ele contou aos policiais que foi tudo tão rápido que não houve tempo para reação.

Imagens do acidente foram parar nas redes sociais. O dentista Américo Linhares passou pela via e registrou o cenário após a colisão.

"Olha, você vê aquilo tudo e de dar uma tristeza. Uma família toda. Criança e tudo. Não cheguei a ver a batida, mas quando passei e vi os pedaços do carro, meu Deus", lamentou. As identidades das vítimas e do condutor da carreta não foram divulgadas.

A população ainda acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas, quando o resgate chegou, a família já havia morrido. Os corpos foram recolhidos pelo IML (Instituto Médico Legal).

Notícias