PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Ministro da Saúde iraquiano renuncia por incêndio em hospital

Ministro da Saúde iraquiano renuncia por incêndio em hospital - Reprodução/Facebook
Ministro da Saúde iraquiano renuncia por incêndio em hospital Imagem: Reprodução/Facebook

04/05/2021 13h25

O ministro da Saúde iraquiano renunciou ao cargo nesta terça-feira, dez dias depois que um incêndio em um hospital dedicado a pacientes com covid-19 matou oitenta pessoas.

Hassan al-Tamimi, que entrou no governo graças ao apoio do turbulento líder xiita Moqtada Sadr, está deixando seu posto por vontade própria, de acordo com um comunicado do governo.

Por outro lado, o diretor do hospital Ibn al Khatib, seu assistente administrativo e o chefe da defesa civil do hospital, bem como o chefe de saúde da zona leste de Bagdá "foram demitidos e várias medidas disciplinares serão impostas", acrescenta o texto.

Em 25 de abril, o Iraque acordou de uma noite de terror, durante a qual vizinhos e transeuntes evacuaram os corpos carbonizados de pacientes que haviam morrido, queimados ou sufocados no hospital incendiado.

Notícias