PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Namorado de mulher morta após confusão em próprio aniversário é preso no RN

Lorena Patrícia teria sido atacada por marido após crise de ciúme do suspeito, durante comemoração dos 25 anos da mulher - Reprodução/Arquivo Pessoal
Lorena Patrícia teria sido atacada por marido após crise de ciúme do suspeito, durante comemoração dos 25 anos da mulher Imagem: Reprodução/Arquivo Pessoal
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/05/2021 17h55Atualizada em 04/05/2021 18h23

Policiais civis da Delegacia Municipal de Poço Branco, em ação conjunta com a Delegacia Municipal de Taipu, prenderam hoje o homem acusado de matar a mulher a facadas no Rio Grande do Norte. Lorena Patrícia da Silva, de 25 anos, foi morta em abril após uma confusão em sua festa de aniversário na cidade de Taipu. O seu marido Neilson Coutinho Alves, conhecido como "Bradock", de 29 anos era o principal suspeito do crime e foi detido na cidade de Ceará-Mirim.

A Polícia Civil do estado disse, em nota, que existia um mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara da Comarca de Ceará-Mirim, em decorrência da suspeita da prática do crime de feminicídio.

O crime aconteceu no dia 17 de abril e relatos apontam que o homem teve uma crise de ciúmes. Lorena e a irmã teriam deixado a comemoração, mas foram perseguidas e atacadas a golpes de faca. Lorena não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já a irmã conseguiu ser socorrida.

Neilson Coutinho foi conduzido ao sistema penitenciário e se encontra à disposição da Justiça.

O crime

Testemunhas ouvidas pelo UOL em abril disseram que o problema começou quando Lorena foi dançar de biquíni durante o evento, realizado em um clube-fazenda com piscina e salão de festa.

"Ele ficou doido quando viu ela dançando com um primo dele. Nada a ver. Não estava acontecendo nada demais. Mas ele partiu para cima", contou um dos convidados, que preferiu não se identificar.

Ainda segundo a testemunha, a briga persistiu e foi preciso encerrar a celebração.

"Todos foram embora. Lorena saiu com a irmã, mas Neilson foi atrás. Foi uma coisa monstruosa. Ela estava feliz, com a família junto, os amigos... Ela só estava comemorando."

Notícias