PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Kamala condiciona progresso ao fim da corrupção em países centro-americanos

Kamala condiciona progresso ao fim da corrupção em países centro-americanos - Getty Images
Kamala condiciona progresso ao fim da corrupção em países centro-americanos Imagem: Getty Images

04/05/2021 18h13

A vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, advertiu nesta terça-feira que não é possível haver progresso em El Salvador, Guatemala e Honduras se a corrupção persistir na região.

As declarações de Kamala foram feitas na 51ª conferência anual da organização Americas Society/Council of the Americas, na qual vários integrantes do governo dos EUA devem falar ao longo do dia.

Em discurso, a vice-presidente opinou que é preciso melhorar as condições nos países de origem dos imigrantes que chegam aos EUA para que essas pessoas não iniciem a viagem rumo ao norte.

Kamala afirmou que o governo americano está focado em abordar fatores como os furacões, a pandemia de covid-19, a seca e a insegurança alimentar, assim como "as causas profundas" da imigração, como corrupção, violência, falta de um bom governo e pobreza.

"Mas não faremos nenhum progresso significativo se a corrupção persistir na região", independentemente dos esforços dos EUA para "frear a violência, fornecer ajuda em caso de catástrofe e lidar com a insegurança alimentar", comentou.

Segundo ela, a história já mostrou que, quando existe corrupção, um passo em frente significa dois passos para trás.

"Sabemos que a corrupção provoca o colapso das instituições governamentais a partir do interior, impede as pessoas de receberem educação e de iniciarem negócios e terem julgamentos justos", argumentou.

A corrupção, disse Kamala, também impede que as condições no terreno sejam criadas para atrair investimentos aos países.

Notícias