PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Fabricante de chips diz que normalizará fornecimento para marcas em junho

CEO da TSMC, Mark Liu - Reuters
CEO da TSMC, Mark Liu Imagem: Reuters
do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

04/05/2021 13h47

Com fabricantes automotivas de todo o mundo paralisando linhas de produção devido à falta de componentes, a empresa de Taiwan TSMC - maior fabricante de chips do mundo - espera conseguir atender sua demanda até o final de junho para o fornecimento chips e semicondutores para montadoras.

O problema de abastecimento destes componentes foi potencializado pela Covid-19, mas também pelo ex-presidente norte-americano Donald Trump, que sancionou empresas chinesas durante seu mandato.

Falando à TV norte-americana CBS, o CEO da TSMC, Mark Liu, avisou que a empresa trabalha para solucionar os problemas.

"Hoje, achamos que estamos dois meses à frente e que podemos alcançar a exigência mínima de nossos clientes antes do final de junho."

Questionado se queria dizer que a escassez de chips automotivos terminaria em dois meses, ele negou.

"Há um lapso de tempo. Principalmente em chips de automóveis, a cadeia de suprimentos é longa e complexa. O fornecimento leva cerca de sete a oito meses", concluiu.

Além das montadoras, outros setores, como o de eletrônicos, também está sendo afetado pelo desabastecimento de chips.

Notícias