PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Brasil esteve sempre um passo atrás do vírus, diz Mandetta em CPI

04/05/2021 15h49

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal tinha consciência de que indicava um remédio sem indicação científica ao apostar no uso da cloroquina contra a Covid-19 e o país sempre esteve um passo atrás do vírus ao não adotar medidas de restrição de locomoção, disse o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta à CPI da Covid nesta terça-feira.

Mandetta reafirmou que o país nunca fez uma política de lockdown e disse que quase todas as medidas adotadas foram, normalmente feitas "depois do leite derramado" --ou seja, após a doença ter se espalhado.

"Estivemos sempre um passo atrás do vírus", disse o ex-ministro.

Mandetta disse ainda que, ao deixar o ministério, o governo perdeu interlocução com a sociedade assim como a continuidade da equipe, o que prejudicou o mapeamento e acompanhamento da pandemia no país.

Notícias