PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Audiências da Operação Spoofing são adiadas por problemas técnicos

Operação Spoofing na Superintendência da Policia Federal -  Mateus Bonomi/Folhapress
Operação Spoofing na Superintendência da Policia Federal Imagem: Mateus Bonomi/Folhapress
do UOL

Colaboração para o UOL

04/05/2021 11h23

As audiências da Operação Spoofing, que investiga as invasões aos celulares de autoridades brasileiras, foram adiadas devido a problemas técnicos. As sessões estavam marcadas para esta semana.

A defesa de Thiago Eliezer, um dos hackers denunciados na operação, argumentou que enfrentava dificuldade para acessar o interior do processo pelo computador. As audiências foram remarcadas para os dias 17, 21 e 24 de maio, às 14h30.

Segundo o juiz Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal Criminal, a defesa enviou uma foto da tela comprovando a impossibilidade de acesso. O juiz então decidiu pelo adiamento, alegando problemas técnicos e falta de perspectiva de resolução do processo nesta semana.

A Operação Spoofing foi deflagrada pela Polícia Federal no dia 23 de julho de 2019 com o objetivo de investigar invasões às contas de Telegram de algumas autoridades brasileiras, como o ex-juiz Sérgio Moro e outros procuradores da Lava Jato.

Thiago Eliezer e Walter Delgatti Netto tiveram a prisão preventiva revogada no ano passado por "excesso de prazo", já que muitas audiências foram adiadas ou remarcadas durante o processo.

Notícias