PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

PF cumpre mandados contra o tráfico ilegal de marfim de elefantes em SP

As investigações da PF conseguiram apontar e identificar um provável fornecedor das peças de marfim de elefantes - Divulgação/Polícia Federal
As investigações da PF conseguiram apontar e identificar um provável fornecedor das peças de marfim de elefantes Imagem: Divulgação/Polícia Federal
do UOL

Do UOL, em São Paulo*

03/05/2021 11h02Atualizada em 03/05/2021 11h54

A PF (Polícia Federal) cumpriu dois mandados de busca e apreensão contra o comércio ilegal de marfim de elefantes na manhã de hoje, na cidade de São Paulo. O marfim é encontrado nas presas dos elefantes e é conhecido em alguns países como "ouro branco".

Os mandados foram expedidos pela Operação Airâvata, responsável por investigar o comércio ilegal do marfim de elefantes. Segundo o site da Polícia Federal, o cumprimento dos mandados possui apoio do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Ambientais) e da Polícia Ambiental do Estado de SP.

No momento, as investigações conseguiram apontar e identificar um provável fornecedor das peças de marfim.

O cumprimento dos dois mandados está dentro das ações realizadas pela Operação Internacional Thunder, que acontece desde o ano passado, feita pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal, em português) em parceria com a Organização Mundial das Aduanas. Somente no ano passado foram apreendidas aproximadamente 300 peças de marfim na cidade de São Paulo.

Em setembro do ano passado, a PF cumpriu 11 mandados de busca e apreensão, expedidos no âmbito da Operação Marfim. A PF identificou 11 endereços comerciais e residenciais na cidade de SP relacionados aos suspeitos de comprar ou vender, através de importação, obras de arte feitas com as presas dos elefantes.

Apesar de proibido desde 1990, o comércio internacional de marfim segue acontecendo, assim como a caça de elefantes para a obtenção do material.

A Operação Airâvata possui este nome em referência a Airâvata, tido como o Rei dos Elefantes na mitologia hindu, e montaria do deus Indra.

*Com informações da Agência Brasil

Notícias