PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Nissan Sentra sai de linha no Brasil e nova geração pode não vir

Nissan Sentra - Divulgação
Nissan Sentra Imagem: Divulgação
do UOL

José Antonio Leme

do UOL, em São Paulo (SP)

03/05/2021 13h10

Ao entrar no site da Nissan a lista de carros oferecidos está menor. A empresa tirou do configurador o sedã médio Sentra, que saiu de linha no País.

O modelo era importado do México, da fábrica de Aguascalientes. A importação cessou porque a companhia já havia parado de produzir a geração vendida até então no Brasil e já está produzindo a nova.

A vinda da nova geração que antes era tida como certa, agora é uma incógnita. Apesar de ser um bom produto, o Sentra nunca deslanchou no mercado sedãs médios, que é dominado por Toyota Corolla e Honda Civic, com Chevrolet Cruze e VW Jetta correndo à distância pela terceira posição.

Vendas

Como já havia parado de ser produzido lá fora, em todo o primeiro trimestre de 2021, o Nissan Sentra emplacou apenas cinco unidades que eram remanescentes da última leva de importação.

Em todo o 2020, um ano atípico de pandemia, o modelo emplacou apenas 950 exemplares e a 10º posição no ranking da Fenabrave de sedãs médios, vendendo menos que o Mercedes-Benz Classe C, por exemplo.

Um ano antes, em 2019, o modelo colocou nas ruas 3.189 unidades, ficando com a quinta colocação entre os sedãs médios - atrás apenas dos rivais Corolla, Civic, Cruze e Jetta, respectivamente, que venderam na casa de 56 mil, 27 mil, 17 mil e 11 mil exemplares.

Em nota, a Nissan diz "A renovação do portfólio de sedãs faz parte da estratégia da Nissan no Brasil e está seguindo o ciclo natural de vida de cada produto. No caso do Sentra, o modelo segue nos planos da empresa, que ainda avalia fatores de adequação ao mercado e, por isso, não tem prazo para seu lançamento. Mas, a Nissan conta no país com o Novo Nissan Versa, que tem tamanho, conforto e tecnologia que o tornam muito competitivo mesmo contra modelos do segmento de sedãs médios."

Versa pode ser único sedã da Nissan no Brasil

Se a não vinda se confirmar, o Versa passa a ser o único sedã à venda pela Nissan no Brasil. Lançado no final de 2020, a nova geração emplacou 3.178 unidades no primeiro trimestre de 2020, segundo dados da Fenabrave.

Equipado com o motor 1.6 flex de até 114 cv e 15,5 mkgf, tem opção de entrada com câmbio manual de cinco marchas ou o automático CVT. Os preços vão de R$ 77.990 a R$ 99.990.

Notícias