PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Motorista perde o controle de Mustang e bate apenas 24h após comprar carrão

Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal
do UOL

Do UOL, em São Paulo

30/04/2021 04h00

A alegria de comprar um carro esportivo durou pouco e quase virou tragédia para uma advogada do Espirito Santo. Apenas um dia depois de comprar seu Ford Mustang, ela bateu o veículo em uma carreta em movimento e precisou ser hospitalizada. O acidente aconteceu na cidade de Santa Teresa, a 52 km de Vitória.

O modelo GT Premium, 5.0, V8, ano 2018, custa mais de R$ 300 mil e teve perda total, ficando com a parte dianteira totalmente danificada. Comprado um dia antes, sequer deu tempo de fazer seguro para o veículo.

A advogada Dyelika Cristina Jareta Freire conta que perdeu o controle do carro e uma perícia indicou prováveis problemas mecânicos. "Preliminarmente, foi elaborado laudo técnico especializado que constatou possíveis defeitos mecânicos que deverão ser confirmados em perícia judicial".

A batida aconteceu perto da casa da advogada. "Estava em baixa velocidade, pois o acidente ocorreu a menos de 70 metros do portão da minha casa, e tive que reduzir para curvar e entrar na avenida. Quando entrei na avenida o pedal do acelerador travou e o carro avançou sozinho".

Ford Mustang fica destruído em acidente - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal

Segundo a Polícia Militar, o caminhoneiro disse que trafegava pela rua quando o Mustang sem controle atingiu a parte da frente da carreta.

A advogada levava os dois filhos, de 17 e 6 anos de idade, ao dentista, por volta de 9h. O mais novo sofreu uma fratura no fêmur, precisou fazer cirurgia e colocar pino na perna. O adolescente teve machucados pelo corpo e no supercílio.

O quadro clínico da motorista é mais grave. Ela teve traumatismo craniano, quebrou duas costelas que perfuraram o pulmão, ruptura total do fêmur, e fez cirurgia para inserção de três pinos na perna. "A recuperação está sendo lenta e muito dolorosa", ela conta.

A Ordem dos Advogados do Brasil no Espírito Santo realizou uma campanha de doação de sangue para ajudar no tratamento de Dyelika, em parceria com a Brigada Social Ecológica Portadores de Luz.

Notícias