PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

MT compra aeronave de R$ 7,7 mi; recursos vieram da Justiça, diz governo

Aeronave seminova a jato da marca Cessna, modelo Citation Bravo C550, adquirida pelo governo do estado de Mato Grosso por R$ 7,7 milhões - Reprodução / YouTube / Imagem Ilustrativa
Aeronave seminova a jato da marca Cessna, modelo Citation Bravo C550, adquirida pelo governo do estado de Mato Grosso por R$ 7,7 milhões Imagem: Reprodução / YouTube / Imagem Ilustrativa
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 15h15Atualizada em 19/04/2021 19h05

O governo de Mato Grosso adquiriu uma aeronave no valor de R$ 7,7 milhões que será destinada para uso do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Questionada pela compra durante a pandemia, a SESP-MT (Secretaria Estadual de Segurança Pública de Mato Grosso) afirmou que os recursos são provenientes de multas e ações penais que tramitaram na 7ª Vara Criminal de Cuiabá.

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, justificou a compra afirmando que o avião irá ajudar, entre outros, no transporte de pacientes doente para outros estados, "porque muitas vezes o estado é intimado a cumprir decisões judiciais de transporte".

O UOL questionou a SESP-MT se os recursos não poderiam ser destinados integralmente à pasta da Saúde, mas o órgão não respondeu. A aeronave seminova é da marca Cessna, modelo Citation Bravo C550, prefixo N100RJ.

"Depois de dois anos de diálogo o recurso foi disponibilizado para que a aeronave seja incorporada à frota do Ciopaer. Ela também irá transportar reeducandos, e quando necessário, lideranças faccionadas para presídios federais. O transporte que antes era feito em aviões comuns, colocava em risco passageiros, em vista da periculosidade dos mesmos", completou Bustamante.

O Judiciário tem até o dia 31 de dezembro para finalizar as transferências dos valores por meio de emissão de alvarás diretamente na conta da Secretaria de Segurança Pública.

Ainda de acordo com a SESP-MT, a opção pela compra dessa aeronave foi pelo custo-benefício nos deslocamentos aéreos. De acordo com os dados do Ciopaer, "somente na entrega das vacinas nos polos regionais, já foi registrada uma economia, no custo de horas voadas de 40%, ao se comparar com o transporte realizado por empresas particulares de táxi aéreo".

Segundo a secretaria, o Ciopaer deve ganhar em breve um helicóptero para atuar combate aos incêndios florestais.

Atualmente, o Ciopaer pertencente aos quadros da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil e atua com o resgate de vítimas, transporte de vacinas e de paciente, deslocamento da tropa das forças de segurança que atuam em operações especiais e no combate ao crime organizado.

Até a tarde de ontem, a SES-MT (Secretaria de Estado de Saúde, notificou 342.896 casos confirmados da covid-19 no estado, e 9.084 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

Errata: o texto foi atualizado
Uma versão anterior desta matéria trazia uma imagem com o modelo errado de aeronave. A foto foi corrigida.

Notícias