PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Peruanos vão às ruas contra resultado do 1º turno da eleição presidencial

17.abr.2021 - Manifestantes seguram cartazes contra os candidatos presidenciais do Peru Pedro Castillo e Keiko Fujimori - Sebastian Castaneda/Reuters
17.abr.2021 - Manifestantes seguram cartazes contra os candidatos presidenciais do Peru Pedro Castillo e Keiko Fujimori Imagem: Sebastian Castaneda/Reuters

Em Lima

18/04/2021 12h36

Dezenas de pessoas se manifestaram em Lima, ontem, contra o resultado da eleição presidencial do último domingo (11) no Peru, que levou a um segundo turno entre a direitista Keiko Fujimori e o candidato de esquerda Pedro Castillo, em junho.

Denunciando uma suposta fraude eleitoral, ou o fato de não se sentirem representados pelos candidatos, cerca de 100 pessoas marcharam na tarde de ontem rumo à sede do Júri Nacional de Eleições, após concentração na Praça San Martín.

"Não à fraude eleitoral. Nem Castillo nem Keiko", diziam alguns cartazes.

Os presentes, jovens em sua maioria, convocaram voto nulo ou em branco para o segundo turno de 6 de junho.

Na quinta-feira, a presidente do Conselho de Ministros, Violeta Bermúdez, garantiu que as eleições foram limpas, justas e transparentes.

A mobilização aconteceu em Lima, apesar das restrições sanitárias impostas pela pandemia, as quais proíbem reuniões e aglomerações.

O professor rural e a filha do ex-presidente preso Alberto Fujimori (1990-2000) tiveram 19,09% e 13,36% dos votos, respectivamente, em um primeiro turno repleto de candidatos.

O vencedor assume em 28 de julho, data em que se comemora o bicentenário da independência do Peru.

Notícias