PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Mãe de menino da Nicarágua encontrado sozinho na fronteira EUA-México liberada por sequestradores

15/04/2021 06h32

Manágua, 15 Abr 2021 (AFP) - Meylin Obregón, a mãe do menino nicaraguense de 10 anos que foi encontrado sozinho na fronteira entre México e Estados Unidos, foi liberada na terça-feira pelos supostos sequestradores em território mexicano, informou seu irmão.

"Tenho a melhor notícia do mundo, minha irmã foi liberada. Quero que todos saibam que minha irmã foi liberada das mãos da máfia", afirmou Misael Obregón em um vídeo publicado no YouTube, sem revelar como a liberação foi obtida e se ela retornará à Nicarágua.

Meylin Obregón partiu no dia 7 de fevereiro de El Paraíso, uma comunidade do Caribe Sul da Nicarágua, rumo aos Estados Unidos com o filho Wilton Eniel Gutiérrez, de 10 anos.

O pai do menino, Lázaro Gutiérrez, aformou que Meyling fez aviagem com o objetivo de encontrar seu irmão Misael nos Estados Unidos.

Mas no dia 1 de abril, um oficial da patrulha de fronteira americana encontrou o menino sozinho, caminhando por uma zona desértica conhecida como La Grulla, nos Texas, fronteira com Tamaulipas, México.

O tio do menor, Misael Obregón, que mora nos Estados Unidos, explicou que os parentes foram rejeitados na fronteira e deportados para o México.

Ainda de acordo com Misael, no México mãe e filho foram sequestrados por criminosos que, após uma negociação, liberaram apenas o menino, enquanto a mãe permaneceu supostamente em cativeiro.

O menor está em bom estado de saúde em um abrigo no Texas. Os trâmites para repatriar a criança já foram iniciados.

Mas o tio do menino afirmou que não deseja que a Nicarágua repatrie Wilton, e sim que ele permaneça nos Estados Unidos.

Milhares de menores sozinhos procedentes da América Central chegam à fronteira americana com a intenção de receber asilo no país.

O número de menores desacompanhados detectados na fronteira sul dos Estados Unidos registrou em março um aumento de 100% em relação ao mês anterior, somando mais de 18 mil, segundo dados da agência de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos (CBP).

bm/mav/rsr/fp

Notícias