PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

'Quer que eu passe o bastão, corra mais do que eu', diz Lula sobre 2022

08.abr.2021 - O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva em entrevista ao Diário do Centro do Mundo - Reprodução DCM
08.abr.2021 - O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva em entrevista ao Diário do Centro do Mundo Imagem: Reprodução DCM
do UOL

Do UOL, em São Paulo

08/04/2021 12h45

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) disse que quem quiser que ele passe o bastão na política, deve "correr mais que ele". Essa semana, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) pediu que o petista tenha a "generosidade" de não disputar a eleição em 2022 em prol de uma aliança para derrotar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Questionado se daria um passo para trás como sugeriu Ciro, Lula afirmou ainda que não é hora de falar do pleito. "Não estou preocupado em discutir as eleições de 2022 em 2021", declarou em uma live hoje no canal do Diário do Centro do Mundo.

"Se todos nós ainda tivermos dentro de nós alguma coisa de humanismo, se não aceitarmos a ideia de ser algoritmos e voltar a ser humanos, não temos que discutir agora as eleições", completou Lula, que disse ainda que o PT será "primeiro ou segundo em muitas eleições ainda".

"Quem quiser que o PT seja, ou dá um golpe como eles deram ou cresça, se organizem. Qualquer um pode ser maior que o PT. Quer que eu passe o bastão, corra mais do que eu. Mas tudo isso já faz parte do humor da política brasileira", afirmou.

Na entrevista, Lula não disse se será ou não candidato em 2022. Ele ainda espera a Justiça para recuperar seus direitos políticos.

Além de Ciro, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) também sugeriu que o petista "passe o bastão" na corrida presidencial. O tucano afirmou que, para ele, Lula "não traz novidade" e defendeu a candidatura de um nome do centro para disputar contra Bolsonaro.

Notícias