PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Novo apagão no Amapá: 15 dos 16 municípios são afetados

Macapá e mais de 10 cidades do Amapá ficam sem luz - Reprodução/Redes Sociais
Macapá e mais de 10 cidades do Amapá ficam sem luz Imagem: Reprodução/Redes Sociais
do UOL

Gabriel Dias e Mariana Durães

Colaboração para o UOL, em Macapá e em Belo Horizonte

08/04/2021 19h19Atualizada em 08/04/2021 22h02

O estado do Amapá sofre com um novo apagão na noite de hoje. A interrupção do serviço teve início por volta das 18h30 (de Brasília), e atingiu a capital Macapá e mais 14 municípios. Às 20h, aproximadamente, o fornecimento de energia começou a ser reestabelecido em todas as cidades, de forma gradativa.

O caso ocorre pouco mais de cinco meses depois de um apagão que afetou 13 cidades, em novembro de 2020.

Segundo a CEA (Companhia de Eletricidade do Amapá), o problema não foi com o distribuidor de energia, mas sim com a linha de transmissão no trecho do Linhão de Tucuruí, entre Jurupari (PA) e Laranjal do Jari (AP). A companhia informou que o problema atingiu 15 dos 16 municípios. Apenas Oiapoque não foi atingido, porque possui sistema isolado.

A companhia disse, ainda, que está aguardando a autorização do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) para recompor os sistemas de distribuição.

Procurado pelo UOL, o ONS, responsável por monitorar o fornecimento de energia em todo o Brasil, explicou que houve a interrupção de cerca de 200MW de carga no sistema elétrico que atende o Amapá. Segundo nota encaminhada à imprensa, assim que identificado o problema, medidas foram tomadas para reestabelecer o fornecimento. "Às 19h02 foi iniciado o processo de recomposição da energia. O ONS avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos", diz a nota.

A LMTE (Linhas de Macapá Transmissora de Energia) informou que já avalia as causas do desabastecimento e que já reestabeleceu "a linha de transmissão Jurupari-Laranjal, que abastece sua subestação de Laranjal". A concessionária disse, ainda, que a subestação Macapá e os três transformadores dela funcionam normalmente.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) disse que cobrou explicações LMTE sobre o caso e deu um dia de prazo para que apresentem os esclarecimentos, "incluindo análise preliminar da causa e as medidas que estão sendo adotadas para solucionar o problema e evitar reincidências".

Nas redes sociais, vários moradores denunciaram a situação. Inicialmente havia reclamações de que o fornecimento foi interrompido nos municípios de Macapá, Santana, Ferreira Gomes, Laranjal do Jari, Tartarugalzinho e Porto Grande. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) também informou, pelo Twitter, a situação enfrentada pelo estado. "Pelo menos a capital Macapá, Santana e vários municípios estão sem energia", escreveu.

Em 2020 estado enfrentou o mesmo problema

Em novembro de 2020, moradores de vários municípios do Amapá foram afetados por um apagão total que durou quatro dias. Depois, o estado ainda enfrentou 22 dias de abastecimento de energia precário.

À época, a Subestação Macapá, principal do estado, passou por um incêndio após curto-circuito do primeiro transformador.

Em 13 de janeiro deste ano, um novo corte de energia aconteceu, com duração de duas horas, aproximadamente.

Notícias