PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Itália se aproxima das 100 mil vítimas na pandemia de Covid-19

07/03/2021 14h14

ROMA, 7 MAR (ANSA) - A Itália registrou neste domingo (7) mais 207 mortes por Covid-19, elevando o total de vítimas para 99.785, informou o Ministério da Saúde. Os novos casos somaram 20.765, o que totaliza 3.067.486 contaminações confirmadas desde fevereiro do ano passado.   

O boletim continua mantendo a tendência de alta na curva de contágios e óbitos, com a média móvel subindo para 20.348 e 298, respectivamente. No sábado (6), a média era de 19.865 casos e 296 falecimentos.   

A taxa de positividade nos testes realizados (RT-PCR e com antígeno) subiu para 7,6% - 1% a mais que ontem - e o total de exames foi de 271.336. Já a quantidade de pessoas recuperadas foi de 13.467, elevando para 2.494.839 os que receberam o diagnóstico de cura clínica.   

A má notícia é que continuam a aumentar as internações. Nas unidades de terapia intensiva, são 34 pacientes a mais do que no sábado, considerando as entradas e a saídas, elevando para 2.605 os hospitalizados que requerem cuidado máximo. Já nos demais departamentos médicos, a alta foi de 443 novos pacientes, totalizando 21.144 pessoas.   

A grande maioria dos casos, porém, são leves e requerem apenas isolamento domiciliar. São 449.113 cidadãos nessa situação.   

A partir desta segunda-feira (8), começa a valer a nova classificação por faixa de cores nas regiões, com mais duas entrando na fase vermelha, a mais restritiva. No entanto, o ministro da Saúde, Roberto Speranza, reconheceu que há uma tendência de alta nos contágios e que mais regiões devem ir para a zona mais restritiva das regras sanitárias. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias