PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Biden diz que EUA está disposto a 'reparar' vínculos com a UE

05/03/2021 15h53

Washington, 5 Mar 2021 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu nesta sexta-feira (5) para "reparar e revitalizar" os laços com a União Europeia, depois que Washington e Bruxelas concordaram em suspender as tarifas impostas em uma disputa comercial envolvendo a Boeing e a Airbus.

O conflito transatlântico de 16 anos sobre a ajuda dos governos às empresas fez com que Bruxelas e Washington impusessem tarifas punitivas, incluindo tarifas americanas sobre um recorde de US$ 7,5 bilhões em produtos europeus.

A Casa Branca disse em comunicado que Biden conversou com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, concordando em suspender as tarifas e "trabalhar para resolver essas disputas de longa duração na OMC".

"Ele ressaltou seu apoio à União Europeia e seu compromisso de reparar e revitalizar a parceria EUA-UE", segundo o comunicado.

O comunicado dizia que os dois líderes concordaram em suspender as tarifas em reconhecimento "de nossos valores compartilhados e da maior relação comercial e de investimento do mundo".

Washington impôs tarifas a produtos europeus como vinho, queijo e azeite, além de 15% de tarifas sobre a Airbus. A UE, por sua vez, cobrou tarifas sobre US$ 4 bilhões em produtos americanos, incluindo aviões Boeing e produtos agrícolas, como trigo, tabaco, além de bebidas alcoólicas e chocolate.

Biden inicialmente manteve as tarifas impostas pelo seu antecessor, Donald Trump.

Biden e Von der Leyen também dialogaram sobre a importância de uma estreita cooperação EUA-UE em diversas questões, como conter a pandemia de covid-19 e a busca de uma recuperação global sustentável, enfrentando a crise climática e fortalecendo a democracia, disse o comunicado.

Os dois líderes concordaram em coordenar questões de interesse comum, como China, Rússia, Belarus, Ucrânia e os Bálcãs Ocidentais.

sms/jm/gma/mps/mr/aa/mvv

Notícias