PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Olavo diz que teve conta suspensa no Facebook por discurso de ódio

Olavo de Carvalho compartilhou a informação no Telegram - Reprodução/TV Globo
Olavo de Carvalho compartilhou a informação no Telegram Imagem: Reprodução/TV Globo
do UOL

Sara Baptista

Do UOL, em São Paulo

24/02/2021 19h13

O ideólogo da direita Olavo de Carvalho informou seus seguidores do Telegram que foi suspenso do Facebook por uma semana.

Procurado pelo UOL, o Facebook afirmou que "tem Padrões da Comunidade que determinam o que pode ou não ser publicado na plataforma. Persistência na violação dessas regras pode gerar consequências como a restrição de publicação na plataforma".

Segundo a informação compartilhada por Olavo, ele não poderá fazer novas publicações ou comentários na rede social por sete dias. A punição teria acontecido porque quatro de suas publicações recentes estavam fora dos padrões da rede social.

olavo - Reprodução/Telegram - Reprodução/Telegram
Olavo teve quatro publicações excluídas pela rede social
Imagem: Reprodução/Telegram

As mensagens que foram removidas foram publicadas nos dias 24 e 16 de fevereiro, 11 de janeiro e 7 de dezembro. No caso da mais antiga, a justificativa usada para remoção foi "assédio e bullying", enquanto a mensagem mais recente foi apagada por "discurso de ódio".

"Lindeza de Peixebúki", escreveu o ideólogo, ao compartilhar a punição no Telegram.

Apesar da suspensão, o perfil de Olavo no Facebook continua ativo e pode ser encontrado. Olavo de Carvalho tem 589.696 seguidores no Facebook. Já no Telegram, 71,1 mil pessoas acompanham o ideólogo.

Notícias