PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Helicóptero com adesivo da Havan tenta pousar em píer em SC; Anac investiga

Helicóptero com adesivo da loja de departamentos Havan tenta pousar em píer, em uma praia de Porto Belo (SC) - Reprodução/Facebook
Helicóptero com adesivo da loja de departamentos Havan tenta pousar em píer, em uma praia de Porto Belo (SC) Imagem: Reprodução/Facebook
do UOL

Felipe Munhoz

Colaboração para o UOL, em Lençóis (BA)

22/02/2021 20h10

Um helicóptero com adesivo da loja de departamentos Havan foi filmado no sábado (20) ao fazer uma manobra arriscada, quando tentava pousar em um píer estreito, em uma praia de Porto Belo (SC), a 67 km ao norte de Florianópolis.

Por meio de nota enviada ao UOL, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou que tomou conhecimento do ocorrido e instaurou um processo administrativo para apurar o caso. A Havan emitiu uma nota de esclarecimento, negando se tratar de uma aeronave da empresa.

Postagens nas redes sociais indicam que o caso aconteceu na praia Caixa D'Aço e que o píer pertence a uma pousada da região. Nas imagens, é possível ver que o piloto tentou pousar no local por duas vezes.

Na primeira, uma pessoa chega a abrir a porta da aeronave, mas o piloto desiste da manobra. Em seguida, o helicóptero se afasta e, neste momento, se vê que há pessoas no mar, próximas ao local, além de embarcações.

Então, a aeronave faz uma segunda aproximação e, desta vez, começa a inclinar para trás.

"Se ficar configurado que houve irregularidade às normas de aviação civil, a Anac poderá aplicar penalidades aos responsáveis pela operação, que vão de multa a cassação de habilitações e certificados", disse a Anac.

A reportagem entrou em contato com a Viana Air Show, que ficou de retornar, mas não respondeu até a publicação. Já a Havan enviou uma nota ao UOL na qual esclarece que este helicóptero não faz parte da frota de aeronaves da empresa.

"É um helicóptero que usa um heliponto em um terreno de nossa propriedade e, em troca disso, estampa a logo da empresa, como forma de publicidade. A Havan possui três helicópteros a serviço da empresa e que operam sempre com a maior segurança", diz o texto.

Histórico

De acordo com a Anac, em dezembro de 2019, a mesma aeronave soltou fogos de artifícios durante o réveillon, no Balneário Camboriú.

Na ocasião, a Agência instaurou processo administrativo e foram registrados seis autos de infração, que se referiam a realização de voo panorâmico clandestino, transporte indevido de artigos perigosos e carga externa devido ao show de pirotecnia.

Notícias