PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
2 meses

Damares critica Drauzio Varella por usar termo 'pessoa com vagina'

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em cerimônia no Palácio do Planalto - Mateus Bonomi/AGIF/Estadão Conteúdo
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em cerimônia no Palácio do Planalto Imagem: Mateus Bonomi/AGIF/Estadão Conteúdo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

31/01/2021 08h35

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, criticou o médico Drauzio Varella por usar o termo "pessoa com vagina" em uma publicação em suas redes sociais. O termo é usado para incluir mulheres e trans no mesmo grupo.

Em seu perfil no Facebook, a ministra disse respeitar as pessoas trans, mas pediu a Drauzio que colocasse a palavra mulher em sua publicação.

"Coloque lá em seu Twitter, doutor Drauzio, a palavra mulher. Respeito as trans, luto para que elas sejam cuidadas com todo carinho e dignidade, mas, por favor doutor, não diga que mulheres são pessoas com vaginas", escreveu Damares.

PESSOAS COM VAGINA? Sou mulher, nasci mulher! Coloque lá em seu twitter, doutor Drauzio, a palavra MULHER. Respeito...

Publicado por Damares Alves em Sábado, 30 de janeiro de 2021

A publicação de Drauzio falava sobre a candidíase, uma infecção na região genital que é mais comum na vagina do que no pênis.

"A candidíase atinge até 75% das pessoas com vagina em alguma fase da vida e, embora haja essa confusão, ela não é sexualmente transmissível (...)", diz a postagem nas redes de Drauzio Varella.

Compartilhando a publicação do médico, a ministra também ironizou como seria se a pasta comandada por ela trocasse a palavra mulher por pessoa com vagina.

"Conseguem imaginar o nome do nosso MMFDH mudado para Ministério da Pessoa com Vagina, da Família e dos Direitos Humanos? Reitero meu respeito à comunidade trans, mas quero ser chamada de mulher", disse.

Procurado pelo UOL, Drauzio Varella disse que não iria comentar as falas da ministra.

Notícias